Arquivos de Categoria: Gestão Hospitalar

c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

Olá, somos a Prime Educacional!

Nossa equipe é composta por profissionais especializados em diversas áreas, o que nos permite oferecer uma assessoria completa na elaboração de uma ampla variedade de atividades. Estamos empenhados em garantir a autenticidade e originalidade de todos os trabalhos que realizamos.

Ficaríamos muito satisfeitos em poder ajudar você. Entre em contato conosco para solicitar o seu serviço.

Aponte o celular para abrir o WhatsApp

ou clique aqui

b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões: a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema

O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

Doenças de Determinação Social: A condição de saúde de cada pessoa é diretamente influenciada pelos fatores ambientais, sociais e econômicos em que ela se insere. Assim, em um país como o Brasil, marcado pela diversa e extensa dimensão territorial e por profundas desigualdades sociais, é comum que algumas doenças afetem mais ou somente pessoas em áreas de maior vulnerabilidade social. São as chamadas de doenças de determinação social. Eliminar tais doenças exige políticas públicas estruturais e ações amplas, que envolvam não apenas o tratamento da condição, mas o acesso à saúde, medidas de saneamento, inclusão social, educação, moradia, entre outros. Tal medida tem que ser tratada, portanto, como uma política de Estado”.

Doenças de Determinação Social: A condição de saúde de cada pessoa é diretamente influenciada pelos fatores ambientais, sociais e econômicos em que ela se insere. Assim, em um país como o Brasil, marcado pela diversa e extensa dimensão territorial e por profundas desigualdades sociais, é comum que algumas doenças afetem mais ou somente pessoas em áreas de maior vulnerabilidade social. São as chamadas de doenças de determinação social. Eliminar tais doenças exige políticas públicas estruturais e ações amplas, que envolvam não apenas o tratamento da condição, mas o acesso à saúde, medidas de saneamento, inclusão social, educação, moradia, entre outros. Tal medida tem que ser tratada, portanto, como uma política de Estado”.

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/acesso…. Acesso em 23 abr. 2024.

 

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema

O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

PRIMEIRA ETAPA: AQUECIMENTO — Leitura do texto de apoio “O Comitê Interministerial para a Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente – CIEDDS foi instituído em abril de 2023 pelo Decreto nº 11.494. É composto pelo Ministério da Saúde; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania; Ministério da Educação; Ministério da Igualdade Racial; Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional; Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério dos Povos Indígenas, com a finalidade de promover ações que contribuam para a eliminação da tuberculose e de outras doenças determinadas socialmente enquanto problemas de saúde pública no país até 2030.

PRIMEIRA ETAPA: AQUECIMENTO — Leitura do texto de apoio

 

“O Comitê Interministerial para a Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente – CIEDDS foi instituído em abril de 2023 pelo Decreto nº 11.494. É composto pelo Ministério da Saúde; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania; Ministério da Educação; Ministério da Igualdade Racial; Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional; Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério dos Povos Indígenas, com a finalidade de promover ações que contribuam para a eliminação da tuberculose e de outras doenças determinadas socialmente enquanto problemas de saúde pública no país até 2030.

Doenças de Determinação Social: A condição de saúde de cada pessoa é diretamente influenciada pelos fatores ambientais, sociais e econômicos em que ela se insere. Assim, em um país como o Brasil, marcado pela diversa e extensa dimensão territorial e por profundas desigualdades sociais, é comum que algumas doenças afetem mais ou somente pessoas em áreas de maior vulnerabilidade social. São as chamadas de doenças de determinação social. Eliminar tais doenças exige políticas públicas estruturais e ações amplas, que envolvam não apenas o tratamento da condição, mas o acesso à saúde, medidas de saneamento, inclusão social, educação, moradia, entre outros. Tal medida tem que ser tratada, portanto, como uma política de Estado”.

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/acesso…. Acesso em 23 abr. 2024.

 

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema

O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

Esperamos que você explore seu potencial de gestor nesta atividade. Para isso, atente-se às etapas a serem realizadas a seguir: Primeira etapa: LER atentamente o texto de apoio. Segunda etapa: CONSIDERAR a situação-problema da atividade. Terceira etapa: REALIZAR e ENVIAR a atividade solicitada.

Esperamos que você explore seu potencial de gestor nesta atividade. Para isso, atente-se às etapas a serem realizadas a seguir:

 

Primeira etapa: LER atentamente o texto de apoio.

Segunda etapa: CONSIDERAR a situação-problema da atividade.

Terceira etapa: REALIZAR e ENVIAR a atividade solicitada.

 

PRIMEIRA ETAPA: AQUECIMENTO — Leitura do texto de apoio

 

“O Comitê Interministerial para a Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente – CIEDDS foi instituído em abril de 2023 pelo Decreto nº 11.494. É composto pelo Ministério da Saúde; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania; Ministério da Educação; Ministério da Igualdade Racial; Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional; Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério dos Povos Indígenas, com a finalidade de promover ações que contribuam para a eliminação da tuberculose e de outras doenças determinadas socialmente enquanto problemas de saúde pública no país até 2030.

Doenças de Determinação Social: A condição de saúde de cada pessoa é diretamente influenciada pelos fatores ambientais, sociais e econômicos em que ela se insere. Assim, em um país como o Brasil, marcado pela diversa e extensa dimensão territorial e por profundas desigualdades sociais, é comum que algumas doenças afetem mais ou somente pessoas em áreas de maior vulnerabilidade social. São as chamadas de doenças de determinação social. Eliminar tais doenças exige políticas públicas estruturais e ações amplas, que envolvam não apenas o tratamento da condição, mas o acesso à saúde, medidas de saneamento, inclusão social, educação, moradia, entre outros. Tal medida tem que ser tratada, portanto, como uma política de Estado”.

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/acesso…. Acesso em 23 abr. 2024.

 

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema

O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

Olá, estudante! A atividade proposta corresponde ao Material de Avaliação Prática de Aprendizagem (MAPA). O objetivo desta atividade é fazer com que você se sinta imerso nos conteúdos estudados no que se refere à compreensão das Políticas Públicas em Saúde.

MAPA – GH – POLÍTICAS PÚBLICAS DA SAÚDE – 52_2024

 

Olá, estudante! A atividade proposta corresponde ao Material de Avaliação Prática de Aprendizagem (MAPA).

 

O objetivo desta atividade é fazer com que você se sinta imerso nos conteúdos estudados no que se refere à compreensão das Políticas Públicas em Saúde.

 

Esperamos que você explore seu potencial de gestor nesta atividade. Para isso, atente-se às etapas a serem realizadas a seguir:

 

Primeira etapa: LER atentamente o texto de apoio.

Segunda etapa: CONSIDERAR a situação-problema da atividade.

Terceira etapa: REALIZAR e ENVIAR a atividade solicitada.

 

PRIMEIRA ETAPA: AQUECIMENTO — Leitura do texto de apoio

 

“O Comitê Interministerial para a Eliminação da Tuberculose e de Outras Doenças Determinadas Socialmente – CIEDDS foi instituído em abril de 2023 pelo Decreto nº 11.494. É composto pelo Ministério da Saúde; Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação; Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome; Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania; Ministério da Educação; Ministério da Igualdade Racial; Ministério da Integração e do Desenvolvimento Regional; Ministério da Justiça e Segurança Pública e Ministério dos Povos Indígenas, com a finalidade de promover ações que contribuam para a eliminação da tuberculose e de outras doenças determinadas socialmente enquanto problemas de saúde pública no país até 2030.

Doenças de Determinação Social: A condição de saúde de cada pessoa é diretamente influenciada pelos fatores ambientais, sociais e econômicos em que ela se insere. Assim, em um país como o Brasil, marcado pela diversa e extensa dimensão territorial e por profundas desigualdades sociais, é comum que algumas doenças afetem mais ou somente pessoas em áreas de maior vulnerabilidade social. São as chamadas de doenças de determinação social. Eliminar tais doenças exige políticas públicas estruturais e ações amplas, que envolvam não apenas o tratamento da condição, mas o acesso à saúde, medidas de saneamento, inclusão social, educação, moradia, entre outros. Tal medida tem que ser tratada, portanto, como uma política de Estado”.

 

Fonte: https://www.gov.br/saude/pt-br/acesso…. Acesso em 23 abr. 2024.

 

SEGUNDA ETAPA: ANÁLISE — Situação-problema

O trecho anterior foi retirado do site do Ministério da Saúde e discorre sobre um comitê criado para tratar do tema “Doenças de Determinação Social”. Como profissional de Gestão da Saúde Pública, você desempenhará um papel crucial na coordenação, no planejamento, na implementação e na avaliação de políticas, programas e serviços de saúde destinados a promover o bem-estar da população.

 

Imagine-se enquanto um profissional que é parte de um grupo de trabalho que está desenvolvendo uma política pública de saúde que necessita da participação dos demais setores de políticas públicas do órgão em que você trabalha, assim como o CIEDDS. Neste projeto, você foi designado a apresentar para os demais setores os motivos pelos quais a participação deles nessa parceria é importante.

 

TERCEIRA ETAPA: AÇÃO — Realização da atividade

Para isso, desenvolva um texto que comporá a sua apresentação em uma reunião de trabalho com os possíveis parceiros, respondendo, pelo menos, as seguintes questões:

 

  1. a) Discorra sobre a importância da análise dos determinantes sociais da saúde para a formulação e implementação de políticas eficazes.

 

  1. b) Explique como a compreensão dos fatores sociais, econômicos, culturais e políticos que influenciam a saúde pode contribuir para a promoção da equidade e da justiça social no sistema de saúde.

 

  1. c) Apresente argumentos de como a abordagem dos determinantes sociais da saúde pode orientar a elaboração de políticas públicas voltadas para a redução das desigualdades em saúde e para o fortalecimento do sistema de saúde como um todo.

 

Leia com atenção as orientações a seguir:

– Utilizar o Formulário do MAPA (template) disponível no campo “Material da Disciplina”.

– Assistir ao vídeo explicativo do MAPA, gravado pela Professora Maria Ligia Rodrigues, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.

– Não realizar cópias da internet ou de livros.

– Não esquecer de apresentar referências das fontes de pesquisas, caso tenha realizado.

– Salvar o arquivo em formato Word ou PDF antes de postar no ambiente.

– Após realizar o MAPA, anexe no local indicado e, em seguida, clique em cima do arquivo para abri-lo e conferir se o arquivo postado é o correto.

– Atenção ao clicar em finalizar, pois sua atividade será finalizada/enviada ao sistema, e você não conseguirá substituir o arquivo.

– Tendo dúvidas, não deixe de encaminhá-las por meio do “Fale com o mediador”.

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

 

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

 

ATIVIDADE/AVALIAÇÃO: 1ª ETAPA: mesmo que você não possua uma conta no Instagram, é possível acessá-lo de forma gratuita para vislumbrar os conteúdos nele disponível. Por isso, convido você a fazer uma pesquisa na rede social Instagram, identificando e escolhendo um perfil de um espaço de saúde: pode ser uma clínica odontológica, saúde da mulher, fisioterapia etc., desde que ofereçam algum serviço em saúde. Após escolher, descreva o nome do perfil e coloque o link de acesso (basta copiar da barra de navegação do seu computador). Coloque, também, algumas imagens que possam identificar o perfil (pode ser print da tela desse perfil).

ATIVIDADE/AVALIAÇÃO:

1ª ETAPA: mesmo que você não possua uma conta no Instagram, é possível acessá-lo de forma gratuita para vislumbrar os conteúdos nele disponível. Por isso, convido você a fazer uma pesquisa na rede social Instagram, identificando e escolhendo um perfil de um espaço de saúde: pode ser uma clínica odontológica, saúde da mulher, fisioterapia etc., desde que ofereçam algum serviço em saúde. Após escolher, descreva o nome do perfil e coloque o link de acesso (basta copiar da barra de navegação do seu computador). Coloque, também, algumas imagens que possam identificar o perfil (pode ser print da tela desse perfil).

 

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

Com isso, percebemos o quanto as mídias digitais, em especial, as redes sociais, podem potencializar o alcance de informações e de profissionais da área da saúde. Portanto, para que nossa atividade seja o mais imersiva possível, convido você para fazer uma análise conforme as etapas a seguir.

Com isso, percebemos o quanto as mídias digitais, em especial, as redes sociais, podem potencializar o alcance de informações e de profissionais da área da saúde. Portanto, para que nossa atividade seja o mais imersiva possível, convido você para fazer uma análise conforme as etapas a seguir.

 

ATIVIDADE/AVALIAÇÃO:

1ª ETAPA: mesmo que você não possua uma conta no Instagram, é possível acessá-lo de forma gratuita para vislumbrar os conteúdos nele disponível. Por isso, convido você a fazer uma pesquisa na rede social Instagram, identificando e escolhendo um perfil de um espaço de saúde: pode ser uma clínica odontológica, saúde da mulher, fisioterapia etc., desde que ofereçam algum serviço em saúde. Após escolher, descreva o nome do perfil e coloque o link de acesso (basta copiar da barra de navegação do seu computador). Coloque, também, algumas imagens que possam identificar o perfil (pode ser print da tela desse perfil).

 

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

Nesse sentido, saber posicionar uma marca, um serviço, um espaço de saúde é primordial e, para isso, os diversos profissionais da área podem utilizar das redes sociais. Em uma matéria publicada pela Forbes (2023), ficou constatado que o Brasil é o terceiro país que mais consome redes sociais em todo o mundo. A constatação é de um levantamento da Comscore. O estudo mostra que esses canais são a preferência dos brasileiros frente a outras categorias on-line, elevando o país à terceira posição entre as nações que mais consomem redes sociais em todo o mundo — atrás de Índia e Indonésia e à frente de Estados Unidos, México e Argentina.

Nesse sentido, saber posicionar uma marca, um serviço, um espaço de saúde é primordial e, para isso, os diversos profissionais da área podem utilizar das redes sociais. Em uma matéria publicada pela Forbes (2023), ficou constatado que o Brasil é o terceiro país que mais consome redes sociais em todo o mundo. A constatação é de um levantamento da Comscore. O estudo mostra que esses canais são a preferência dos brasileiros frente a outras categorias on-line, elevando o país à terceira posição entre as nações que mais consomem redes sociais em todo o mundo — atrás de Índia e Indonésia e à frente de Estados Unidos, México e Argentina.

 

Fonte: https://forbes.com.br/forbes-tech/2023/03/brasil-e-o-terceiro-pais-que-mais-consome-redes-sociais-em-todo-o-mundo/. Acesso em: 16 abr. 2024.

 

Com isso, percebemos o quanto as mídias digitais, em especial, as redes sociais, podem potencializar o alcance de informações e de profissionais da área da saúde. Portanto, para que nossa atividade seja o mais imersiva possível, convido você para fazer uma análise conforme as etapas a seguir.

 

ATIVIDADE/AVALIAÇÃO:

1ª ETAPA: mesmo que você não possua uma conta no Instagram, é possível acessá-lo de forma gratuita para vislumbrar os conteúdos nele disponível. Por isso, convido você a fazer uma pesquisa na rede social Instagram, identificando e escolhendo um perfil de um espaço de saúde: pode ser uma clínica odontológica, saúde da mulher, fisioterapia etc., desde que ofereçam algum serviço em saúde. Após escolher, descreva o nome do perfil e coloque o link de acesso (basta copiar da barra de navegação do seu computador). Coloque, também, algumas imagens que possam identificar o perfil (pode ser print da tela desse perfil).

 

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

A atividade MAPA da disciplina de Marketing Hospitalar auxiliará você em sua trajetória de formação em Gestão Hospitalar, proporcionando as habilidades para compreender os fundamentos do marketing para atuar frente aos usuários da área de saúde por meio da imersão. Sendo que, dentre as diversas possibilidades que a mercadologia possibilita, encontra-se a comunicação. Como vimos em nossa disciplina, trata-se de “um dos componentes-chave do marketing de serviços. No geral, a função principal da estratégia de comunicação de uma empresa de serviços é informar, persuadir ou lembrar os clientes sobre o serviço que está sendo oferecido” (Blanco, 2018, p. 159).

MAPA – GH – MARKETING HOSPITALAR – 52_2024

 

MAPA

 

Olá, estudantes de Gestão Hospitalar!

 

A atividade MAPA da disciplina de Marketing Hospitalar auxiliará você em sua trajetória de formação em Gestão Hospitalar, proporcionando as habilidades para compreender os fundamentos do marketing para atuar frente aos usuários da área de saúde por meio da imersão. Sendo que, dentre as diversas possibilidades que a mercadologia possibilita, encontra-se a comunicação. Como vimos em nossa disciplina, trata-se de “um dos componentes-chave do marketing de serviços. No geral, a função principal da estratégia de comunicação de uma empresa de serviços é informar, persuadir ou lembrar os clientes sobre o serviço que está sendo oferecido” (Blanco, 2018, p. 159).

 

Fonte: BLANCO, T. H. M. Marketing Hospitalar. Maringá: UniCesumar, 2018.

 

Nesse sentido, saber posicionar uma marca, um serviço, um espaço de saúde é primordial e, para isso, os diversos profissionais da área podem utilizar das redes sociais. Em uma matéria publicada pela Forbes (2023), ficou constatado que o Brasil é o terceiro país que mais consome redes sociais em todo o mundo. A constatação é de um levantamento da Comscore. O estudo mostra que esses canais são a preferência dos brasileiros frente a outras categorias on-line, elevando o país à terceira posição entre as nações que mais consomem redes sociais em todo o mundo — atrás de Índia e Indonésia e à frente de Estados Unidos, México e Argentina.

 

Fonte: https://forbes.com.br/forbes-tech/2023/03/brasil-e-o-terceiro-pais-que-mais-consome-redes-sociais-em-todo-o-mundo/. Acesso em: 16 abr. 2024.

 

Com isso, percebemos o quanto as mídias digitais, em especial, as redes sociais, podem potencializar o alcance de informações e de profissionais da área da saúde. Portanto, para que nossa atividade seja o mais imersiva possível, convido você para fazer uma análise conforme as etapas a seguir.

 

ATIVIDADE/AVALIAÇÃO:

1ª ETAPA: mesmo que você não possua uma conta no Instagram, é possível acessá-lo de forma gratuita para vislumbrar os conteúdos nele disponível. Por isso, convido você a fazer uma pesquisa na rede social Instagram, identificando e escolhendo um perfil de um espaço de saúde: pode ser uma clínica odontológica, saúde da mulher, fisioterapia etc., desde que ofereçam algum serviço em saúde. Após escolher, descreva o nome do perfil e coloque o link de acesso (basta copiar da barra de navegação do seu computador). Coloque, também, algumas imagens que possam identificar o perfil (pode ser print da tela desse perfil).

 

2ª ETAPA: após escolher a rede social para sua análise, preencha o checklist apontando: 1. data de abertura do Instagram; 2. total de seguidores e seguidos; 3. total de publicações; 4. características visuais (principais cores, fotos, estilos); 5. tipos de conteúdos postados; 6. se há dicas de saúde (destaque ao menos uma). Pode acrescentar outra curiosidade, caso localize.

 

3ª ETAPA: depois de ter feito o levantamento solicitado na etapa anterior, busque, em seu livro, na página 162, o Quadro 1 — Conteúdo e objetivos da comunicação versus estágio do ciclo de vida. Busque compreender o quadro e, na sequência, indique, mediante sua análise do perfil escolhido no Instagram, em qual Estágio do Ciclo de Vida o produto/marca/empresa/perfil está e descreva, de forma idêntica ao que está no quadro, os objetivos da comunicação.

 

4ª ETAPA: de forma sucinta, clara e objetiva, justifique, com suas palavras, como uma rede social, como, no exemplo, o Instagram, pode favorecer os profissionais da área da saúde.

 

Orientações para desenvolver sua atividade MAPA:

  1. Leia o livro da disciplina.
  2. Assista às aulas conceituais, aulas ao vivo e ao vídeo explicativo que o Professor Thiago gravou, disponível na Sala do Café e no Fórum Interativo.
  3. Baixe o “Modelo de entrega do MAPA”, disponível no ambiente Studeo, na pasta “Material da Disciplina”, e preencha corretamente todos os campos solicitados.
  4. Anexe seu “Modelo de entrega do MAPA” respondido no espaço específico da atividade MAPA.
  5. Lembre-se de clicar em “Finalizar” para efetivar sua participação.
  6. Caso utilize o material de outros autores, não se esqueça de referenciar corretamente, pois o uso de trechos ou textos não referenciados será considerado plágio.

 

2) Ao final de toda licitação, seja para aquisição ou para prestação de serviços, é necessário gerar um contrato para formalizar os deveres e obrigações, com características específicas da Administração Pública. Um tipo de contrato na área pública é o Contrato Administrativo, que tem especificidades próprias, diferentes de contratos privados. Nesse sentido, utilizando suas palavras, explique as características do contrato administrativo (a) alteração unilateral do contrato, (b) bilateralidade e (c) Submissão ao Direito Administrativo. Para esta resposta, utiliza no até seis linhas.

2) Ao final de toda licitação, seja para aquisição ou para prestação de serviços, é necessário gerar um contrato para formalizar os deveres e obrigações, com características específicas da Administração Pública. Um tipo de contrato na área pública é o Contrato Administrativo, que tem especificidades próprias, diferentes de contratos privados. Nesse sentido, utilizando suas palavras, explique as características do contrato administrativo (a) alteração unilateral do contrato, (b) bilateralidade e (c) Submissão ao Direito Administrativo. Para esta resposta, utiliza no até seis linhas.

 

3) Crie um mapa conceitual, com relação aos princípios básicos da Administração Pública, explicando os seus princípios básicos (seja criativo).

 

1) Apresente ao menos três princípios básicos da Administração Pública que foram violados nesta reportagem e os motivos que o levou a essa conclusão.

1) Apresente ao menos três princípios básicos da Administração Pública que foram violados nesta reportagem e os motivos que o levou a essa conclusão.

 

2) Ao final de toda licitação, seja para aquisição ou para prestação de serviços, é necessário gerar um contrato para formalizar os deveres e obrigações, com características específicas da Administração Pública. Um tipo de contrato na área pública é o Contrato Administrativo, que tem especificidades próprias, diferentes de contratos privados. Nesse sentido, utilizando suas palavras, explique as características do contrato administrativo (a) alteração unilateral do contrato, (b) bilateralidade e (c) Submissão ao Direito Administrativo. Para esta resposta, utiliza no até seis linhas.

 

3) Crie um mapa conceitual, com relação aos princípios básicos da Administração Pública, explicando os seus princípios básicos (seja criativo).

 

O trecho da reportagem descreve uma situação na qual se evidenciam diferentes crimes relacionados à compra e à contratação de serviços na área da saúde. Foram violados os princípios básicos da Administração Pública, como os da legalidade e da moralidade. Com relação à reportagem e aos princípios básicos da Administração Pública:

O trecho da reportagem descreve uma situação na qual se evidenciam diferentes crimes relacionados à compra e à contratação de serviços na área da saúde. Foram violados os princípios básicos da Administração Pública, como os da legalidade e da moralidade. Com relação à reportagem e aos princípios básicos da Administração Pública:

 

1) Apresente ao menos três princípios básicos da Administração Pública que foram violados nesta reportagem e os motivos que o levou a essa conclusão.

 

2) Ao final de toda licitação, seja para aquisição ou para prestação de serviços, é necessário gerar um contrato para formalizar os deveres e obrigações, com características específicas da Administração Pública. Um tipo de contrato na área pública é o Contrato Administrativo, que tem especificidades próprias, diferentes de contratos privados. Nesse sentido, utilizando suas palavras, explique as características do contrato administrativo (a) alteração unilateral do contrato, (b) bilateralidade e (c) Submissão ao Direito Administrativo. Para esta resposta, utiliza no até seis linhas.

 

3) Crie um mapa conceitual, com relação aos princípios básicos da Administração Pública, explicando os seus princípios básicos (seja criativo).

 

Analise o texto a seguir: O Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) deflagrou uma operação que apura possíveis fraudes em licitações feitas por uma prefeitura do noroeste do estado do Rio de Janeiro. Chamada de Burnout, a ação cumpriu oito mandados de busca e apreensão em algumas cidades também do interior carioca. Durante a operação, o secretário de Saúde do município foi intimado judicialmente a prestar depoimento e afastado do cargo por 90 dias. As investigações do MPRJ investigam uma série de fraudes licitatórias que podem ter ocorrido durante a gestão dele na pasta. Entre os possíveis crimes, há uma compra de 10 mil testes de Covid-19, adquiridos no fim com indícios de sobrepreço. Além do valor acima, também foram identificados sinais de irregularidades no processo de contratação da empresa fornecedora dos exames, o que teria promovido o favorecimento da mesma na licitação. Outro contrato investigado, teria sido feito para solicitar uma série de atendimentos e procedimentos de fisioterapia durante a pandemia. Segundo os investigadores do MPRJ, nesses contratos haveria uma diferença considerável entre o número de habitantes da cidade e o total elevado de exames realizados. A equipe do Ministério Público também teria se surpreendido com a velocidade com que os pagamentos eram repassados à empresa responsável por prestar o atendimento, bem como divergências entre o que era solicitado e o que de fato foi realizado pela população. De acordo com órgão, o caso segue sendo apurado em sigilo.

MAPA – GH – GESTÃO DE CONTRATOS, TERCEIRIZAÇÃO E LICITAÇÃO – 52_2024

 

Analise o texto a seguir:

 

O Ministério Público do Estado do Rio (MPRJ) deflagrou uma operação que apura possíveis fraudes em licitações feitas por uma prefeitura do noroeste do estado do Rio de Janeiro. Chamada de Burnout, a ação cumpriu oito mandados de busca e apreensão em algumas cidades também do interior carioca. Durante a operação, o secretário de Saúde do município foi intimado judicialmente a prestar depoimento e afastado do cargo por 90 dias. As investigações do MPRJ investigam uma série de fraudes licitatórias que podem ter ocorrido durante a gestão dele na pasta. Entre os possíveis crimes, há uma compra de 10 mil testes de Covid-19, adquiridos no fim com indícios de sobrepreço. Além do valor acima, também foram identificados sinais de irregularidades no processo de contratação da empresa fornecedora dos exames, o que teria promovido o favorecimento da mesma na licitação. Outro contrato investigado, teria sido feito para solicitar uma série de atendimentos e procedimentos de fisioterapia durante a pandemia. Segundo os investigadores do MPRJ, nesses contratos haveria uma diferença considerável entre o número de habitantes da cidade e o total elevado de exames realizados. A equipe do Ministério Público também teria se surpreendido com a velocidade com que os pagamentos eram repassados à empresa responsável por prestar o atendimento, bem como divergências entre o que era solicitado e o que de fato foi realizado pela população. De acordo com órgão, o caso segue sendo apurado em sigilo.

Fonte: adaptado de: https://odia.ig.com.br/rio-de-janeiro/2023/04/6606710-operacao-apura-fraudes-em-licitacoes-na-area-da-saude-em-cidade-do-noroeste-fluminense.html. Acesso em: 21 abr. 2024.

O trecho da reportagem descreve uma situação na qual se evidenciam diferentes crimes relacionados à compra e à contratação de serviços na área da saúde. Foram violados os princípios básicos da Administração Pública, como os da legalidade e da moralidade. Com relação à reportagem e aos princípios básicos da Administração Pública:

 

1) Apresente ao menos três princípios básicos da Administração Pública que foram violados nesta reportagem e os motivos que o levou a essa conclusão.

 

2) Ao final de toda licitação, seja para aquisição ou para prestação de serviços, é necessário gerar um contrato para formalizar os deveres e obrigações, com características específicas da Administração Pública. Um tipo de contrato na área pública é o Contrato Administrativo, que tem especificidades próprias, diferentes de contratos privados. Nesse sentido, utilizando suas palavras, explique as características do contrato administrativo (a) alteração unilateral do contrato, (b) bilateralidade e (c) Submissão ao Direito Administrativo. Para esta resposta, utiliza no até seis linhas.

 

3) Crie um mapa conceitual, com relação aos princípios básicos da Administração Pública, explicando os seus princípios básicos (seja criativo).

 

Importância do Ciclo Orçamentário para o Gestor Público O Gestor Público precisa de boas informações para elaborar planos de trabalho e atender às demandas da sociedade. No Brasil, no mês de outubro de 2024, ocorrerão as eleições municipais para alguns cargos de gestores públicos. No Executivo, teremos a escolha de Prefeitos e Vice-Prefeitos, e no Legislativo, os Vereadores. Esses gestores têm a responsabilidade de legislar, fiscalizar e elaborar planos de trabalho para suas respectivas cidades.

Importância do Ciclo Orçamentário para o Gestor Público

 

O Gestor Público precisa de boas informações para elaborar planos de trabalho e atender às demandas da sociedade. No Brasil, no mês de outubro de 2024, ocorrerão as eleições municipais para alguns cargos de gestores públicos. No Executivo, teremos a escolha de Prefeitos e Vice-Prefeitos, e no Legislativo, os Vereadores. Esses gestores têm a responsabilidade de legislar, fiscalizar e elaborar planos de trabalho para suas respectivas cidades.

 

Para desempenhar suas funções com eficiência, é fundamental que esses gestores compreendam o funcionamento do Ciclo Orçamentário. Isso envolve o processo de planejamento, execução, controle e avaliação dos recursos públicos, garantindo que sejam utilizados de forma transparente e eficaz para o benefício da população.

 

Etapas do Ciclo Orçamentário:

Fonte: CAVASSANI, B. F. Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Maringa-Pr.:Unicesumar, 2020, p. 63.

 

Portanto, é essencial que os candidatos e eleitos nas eleições municipais estejam cientes das etapas do Ciclo Orçamentário, incluindo a elaboração do Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o Orçamento Anual (LOA). Além disso, devem compreender como ocorre a execução orçamentária, o acompanhamento dos gastos e a prestação de contas à sociedade.

 

A participação ativa dos cidadãos nesse processo também é fundamental. A sociedade deve estar informada sobre as prioridades e os investimentos realizados pelo poder público, contribuindo para uma gestão mais eficiente e responsável.

 

Fonte: CAVASSANI, B. F. Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Maringa-Pr.:Unicesumar, 2020.

 

ATIVIDADE:

 

Mediante a contextualização apresentada sobre o Ciclo Orçamentário, convidamos você a se aprofundar no assunto e, assim, elaborar um texto dissertativo que deverá conter os tópicos a seguir:

 

– Uma explanação sobre Ciclo Orçamentário.

– Por que o atendimento de todas as etapas do Ciclo se faz necessário em uma relação com a Lei de Responsabilidade Fiscal?

(Seu texto deve conter no mínimo sete (7) e no máximo quinze (15) linhas).

 

ATENÇÃO!

Para responder à Atividade de Estudo 1, orientamos que digite a sua resposta primeiramente em um arquivo Word, em seu computador (pois, caso digite direto na caixa de texto, no ambiente Studeo, o tempo pode expirar e você perder a sua resposta). Depois disso, copie sua resposta e cole na caixa de resposta a seguir.

Olá, estudante de Gestão Pública. Esta atividade corresponde à Atividade de Estudo 1 da disciplina de Contabilidade Pública. O objetivo desta atividade é que você se sinta imersivo em uma análise e entendimento do quanto é importante o Ciclo Orçamentário para o Gestor Público.

ATIVIDADE 1 – GPUB – CONTABILIDADE APLICADA AO SETOR PÚBLICO – 52_2024

 

Olá, estudante de Gestão Pública.

Esta atividade corresponde à Atividade de Estudo 1 da disciplina de Contabilidade Pública. O objetivo desta atividade é que você se sinta imersivo em uma análise e entendimento do quanto é importante o Ciclo Orçamentário para o Gestor Público.

 

Importância do Ciclo Orçamentário para o Gestor Público

 

O Gestor Público precisa de boas informações para elaborar planos de trabalho e atender às demandas da sociedade. No Brasil, no mês de outubro de 2024, ocorrerão as eleições municipais para alguns cargos de gestores públicos. No Executivo, teremos a escolha de Prefeitos e Vice-Prefeitos, e no Legislativo, os Vereadores. Esses gestores têm a responsabilidade de legislar, fiscalizar e elaborar planos de trabalho para suas respectivas cidades.

 

Para desempenhar suas funções com eficiência, é fundamental que esses gestores compreendam o funcionamento do Ciclo Orçamentário. Isso envolve o processo de planejamento, execução, controle e avaliação dos recursos públicos, garantindo que sejam utilizados de forma transparente e eficaz para o benefício da população.

 

Etapas do Ciclo Orçamentário:

Fonte: CAVASSANI, B. F. Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Maringa-Pr.:Unicesumar, 2020, p. 63.

 

Portanto, é essencial que os candidatos e eleitos nas eleições municipais estejam cientes das etapas do Ciclo Orçamentário, incluindo a elaboração do Plano Plurianual (PPA), a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e o Orçamento Anual (LOA). Além disso, devem compreender como ocorre a execução orçamentária, o acompanhamento dos gastos e a prestação de contas à sociedade.

 

A participação ativa dos cidadãos nesse processo também é fundamental. A sociedade deve estar informada sobre as prioridades e os investimentos realizados pelo poder público, contribuindo para uma gestão mais eficiente e responsável.

 

Fonte: CAVASSANI, B. F. Contabilidade Aplicada ao Setor Público. Maringa-Pr.:Unicesumar, 2020.

 

ATIVIDADE:

 

Mediante a contextualização apresentada sobre o Ciclo Orçamentário, convidamos você a se aprofundar no assunto e, assim, elaborar um texto dissertativo que deverá conter os tópicos a seguir:

 

– Uma explanação sobre Ciclo Orçamentário.

– Por que o atendimento de todas as etapas do Ciclo se faz necessário em uma relação com a Lei de Responsabilidade Fiscal?

(Seu texto deve conter no mínimo sete (7) e no máximo quinze (15) linhas).

 

ATENÇÃO!

Para responder à Atividade de Estudo 1, orientamos que digite a sua resposta primeiramente em um arquivo Word, em seu computador (pois, caso digite direto na caixa de texto, no ambiente Studeo, o tempo pode expirar e você perder a sua resposta). Depois disso, copie sua resposta e cole na caixa de resposta a seguir.

 

c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

  1. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

 

b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.

  1. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  2. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder: a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder:

  1. a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?
  2. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  3. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

 

[…] Para que as resoluções da 8ª pudessem se estruturar melhor e chegar à nova Constituição, foi criada a Comissão Nacional da Reforma Sanitária (CNRS), que funcionou de agosto de 1986 a maio de 1987. A 8ª foi responsável por dar o arcabouço político e a CNRS deu o arcabouço técnico. A CNRS era composta por representantes de segmentos importantes, inclusive do setor privado”.

[…]

Para que as resoluções da 8ª pudessem se estruturar melhor e chegar à nova Constituição, foi criada a Comissão Nacional da Reforma Sanitária (CNRS), que funcionou de agosto de 1986 a maio de 1987. A 8ª foi responsável por dar o arcabouço político e a CNRS deu o arcabouço técnico. A CNRS era composta por representantes de segmentos importantes, inclusive do setor privado”.

 

Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/592-8-conferencia-nacional-de-saude-quando-o-sus-ganhou-forma. Acesso em: 4 mar. 2024.

 

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder:

  1. a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?
  2. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  3. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

O crescimento do movimento sanitário, organizado desde os anos 1970, foi crucial para o amplo debate dessas questões. Enquanto o país passava pelo processo de redemocratização, o movimento ganhou consistência e avançou na produção de conhecimento, com a criação de órgãos como o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), em 1976, e a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco), em 1979. Em meados dos anos 1980, Sergio Arouca assumiu a Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro.

O crescimento do movimento sanitário, organizado desde os anos 1970, foi crucial para o amplo debate dessas questões. Enquanto o país passava pelo processo de redemocratização, o movimento ganhou consistência e avançou na produção de conhecimento, com a criação de órgãos como o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), em 1976, e a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco), em 1979. Em meados dos anos 1980, Sergio Arouca assumiu a Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro.

[…]

Para que as resoluções da 8ª pudessem se estruturar melhor e chegar à nova Constituição, foi criada a Comissão Nacional da Reforma Sanitária (CNRS), que funcionou de agosto de 1986 a maio de 1987. A 8ª foi responsável por dar o arcabouço político e a CNRS deu o arcabouço técnico. A CNRS era composta por representantes de segmentos importantes, inclusive do setor privado”.

 

Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/592-8-conferencia-nacional-de-saude-quando-o-sus-ganhou-forma. Acesso em: 4 mar. 2024.

 

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder:

  1. a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?
  2. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  3. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

Mesmo em 2019, prestes à realização da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), que faz um resgate à Reforma Sanitária Brasileira, é possível encontrar semelhanças na luta constante em defesa do SUS. O relatório final da 8ª Conferência apontou a importante conclusão de que as mudanças necessárias para a melhoria do sistema de saúde brasileiro não seriam alcançadas apenas com uma reforma administrativa e financeira. Era preciso que se ampliasse o conceito de saúde e se fizesse uma revisão da legislação.

Mesmo em 2019, prestes à realização da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), que faz um resgate à Reforma Sanitária Brasileira, é possível encontrar semelhanças na luta constante em defesa do SUS. O relatório final da 8ª Conferência apontou a importante conclusão de que as mudanças necessárias para a melhoria do sistema de saúde brasileiro não seriam alcançadas apenas com uma reforma administrativa e financeira. Era preciso que se ampliasse o conceito de saúde e se fizesse uma revisão da legislação.

O crescimento do movimento sanitário, organizado desde os anos 1970, foi crucial para o amplo debate dessas questões. Enquanto o país passava pelo processo de redemocratização, o movimento ganhou consistência e avançou na produção de conhecimento, com a criação de órgãos como o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), em 1976, e a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco), em 1979. Em meados dos anos 1980, Sergio Arouca assumiu a Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro.

[…]

Para que as resoluções da 8ª pudessem se estruturar melhor e chegar à nova Constituição, foi criada a Comissão Nacional da Reforma Sanitária (CNRS), que funcionou de agosto de 1986 a maio de 1987. A 8ª foi responsável por dar o arcabouço político e a CNRS deu o arcabouço técnico. A CNRS era composta por representantes de segmentos importantes, inclusive do setor privado”.

 

Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/592-8-conferencia-nacional-de-saude-quando-o-sus-ganhou-forma. Acesso em: 4 mar. 2024.

 

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder:

  1. a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?
  2. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  3. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

“8ª Conferência Nacional de Saúde: quando o SUS ganhou forma Cinco dias de debates, mais de quatro mil participantes, 135 grupos de trabalho e objetivos muito claros: contribuir para a formulação de um novo sistema de saúde e subsidiar as discussões sobre o setor na futura Constituinte. A 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada entre 17 e 21 de março de 1986, foi um dos momentos mais importantes na definição do Sistema Único de Saúde (SUS) e debateu três temas principais: ‘A saúde como dever do Estado e direito do cidadão’, ‘A reformulação do Sistema Nacional de Saúde’ e ‘O financiamento setorial’.

ATIVIDADE 1 – GH – POLÍTICAS PÚBLICAS DA SAÚDE – 52_2024

 

“8ª Conferência Nacional de Saúde: quando o SUS ganhou forma

 

Cinco dias de debates, mais de quatro mil participantes, 135 grupos de trabalho e objetivos muito claros: contribuir para a formulação de um novo sistema de saúde e subsidiar as discussões sobre o setor na futura Constituinte. A 8ª Conferência Nacional de Saúde, realizada entre 17 e 21 de março de 1986, foi um dos momentos mais importantes na definição do Sistema Único de Saúde (SUS) e debateu três temas principais: ‘A saúde como dever do Estado e direito do cidadão’, ‘A reformulação do Sistema Nacional de Saúde’ e ‘O financiamento setorial’.

Mesmo em 2019, prestes à realização da 16ª Conferência Nacional de Saúde (8ª+8), que faz um resgate à Reforma Sanitária Brasileira, é possível encontrar semelhanças na luta constante em defesa do SUS. O relatório final da 8ª Conferência apontou a importante conclusão de que as mudanças necessárias para a melhoria do sistema de saúde brasileiro não seriam alcançadas apenas com uma reforma administrativa e financeira. Era preciso que se ampliasse o conceito de saúde e se fizesse uma revisão da legislação.

O crescimento do movimento sanitário, organizado desde os anos 1970, foi crucial para o amplo debate dessas questões. Enquanto o país passava pelo processo de redemocratização, o movimento ganhou consistência e avançou na produção de conhecimento, com a criação de órgãos como o Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (Cebes), em 1976, e a Associação Brasileira de Pós-Graduação em Saúde Coletiva (Abrasco), em 1979. Em meados dos anos 1980, Sergio Arouca assumiu a Secretaria de Estado da Saúde do Rio de Janeiro.

[…]

Para que as resoluções da 8ª pudessem se estruturar melhor e chegar à nova Constituição, foi criada a Comissão Nacional da Reforma Sanitária (CNRS), que funcionou de agosto de 1986 a maio de 1987. A 8ª foi responsável por dar o arcabouço político e a CNRS deu o arcabouço técnico. A CNRS era composta por representantes de segmentos importantes, inclusive do setor privado”.

 

Disponível em: https://conselho.saude.gov.br/ultimas-noticias-cns/592-8-conferencia-nacional-de-saude-quando-o-sus-ganhou-forma. Acesso em: 4 mar. 2024.

 

Considerando o exposto, disserte sobre a construção do Sistema Único de Saúde (SUS) enquanto política pública. Com o seu texto, busque responder:

  1. a) Quais são as motivações para a criação de um Sistema Único de Saúde em um país como o Brasil?
  2. b) Analise os princípios e as diretrizes fundamentais que orientam o SUS como política pública, indicando a importância de tais para a orientação dessa política.
  3. c) Considerando a atuação dos diferentes atores sociais, como movimentos sociais, profissionais de saúde, gestores públicos e legisladores, na construção e implementação do SUS, discuta sobre a importância da participação social nesse âmbito.

 

Orientações:

– Elabore, de forma dissertativa argumentativa, seu posicionamento frente à solicitação.

– Seu texto deverá conter, no mínimo, 15 e, no máximo, 20 linhas.

– Utilize argumentos convincentes, que expressem sua criticidade.

– Leia novamente o que escreveu, amplie as ideias e conclua sua atividade.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica em seu texto antes de enviá-lo.

 

ATIVIDADE: 1. Em nosso material de estudos, você irá encontrar um tópico específico tratando sobre a Satisfação do Cliente. Portanto, primeiramente, faça toda a leitura desse tópico e, na sequência, apresente um texto argumentativo-dissertativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão (cerca de 15 linhas), com a mesma temática, apontando como a satisfação é tratada nos ambientes de saúde e quais os seus desafios. Ao final, apresente, de forma opcional, um relato de experiência, no qual você ou algum conhecido tenha vivenciado de satisfação ou insatisfação de atendimentos na área de saúde no Brasil.

 

ATIVIDADE:

 

  1. Em nosso material de estudos, você irá encontrar um tópico específico tratando sobre a Satisfação do Cliente. Portanto, primeiramente, faça toda a leitura desse tópico e, na sequência, apresente um texto argumentativo-dissertativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão (cerca de 15 linhas), com a mesma temática, apontando como a satisfação é tratada nos ambientes de saúde e quais os seus desafios. Ao final, apresente, de forma opcional, um relato de experiência, no qual você ou algum conhecido tenha vivenciado de satisfação ou insatisfação de atendimentos na área de saúde no Brasil.

Satisfazer os usuários da saúde é sempre um desafio, pois, geralmente, os indivíduos estão fragilizados e encontram-se em algum estágio de sofrimento. Por isso, não basta agir com a razão, é imprescindível todo um trabalho de humanização, respeito e atenção. Nesse sentido, melhorar os serviços é primordial, ou seja, qualquer que seja o estabelecimento, torna-se relevante implantar sistemas de medição de satisfação, para que a partir de dados confiáveis a gestão possa propor melhorias. Sendo assim, vamos a sua tarefa!

Satisfazer os usuários da saúde é sempre um desafio, pois, geralmente, os indivíduos estão fragilizados e encontram-se em algum estágio de sofrimento. Por isso, não basta agir com a razão, é imprescindível todo um trabalho de humanização, respeito e atenção. Nesse sentido, melhorar os serviços é primordial, ou seja, qualquer que seja o estabelecimento, torna-se relevante implantar sistemas de medição de satisfação, para que a partir de dados confiáveis a gestão possa propor melhorias. Sendo assim, vamos a sua tarefa!

 

ATIVIDADE:

 

  1. Em nosso material de estudos, você irá encontrar um tópico específico tratando sobre a Satisfação do Cliente. Portanto, primeiramente, faça toda a leitura desse tópico e, na sequência, apresente um texto argumentativo-dissertativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão (cerca de 15 linhas), com a mesma temática, apontando como a satisfação é tratada nos ambientes de saúde e quais os seus desafios. Ao final, apresente, de forma opcional, um relato de experiência, no qual você ou algum conhecido tenha vivenciado de satisfação ou insatisfação de atendimentos na área de saúde no Brasil.

 

Dessa forma, é possível determinar o nível de lealdade e satisfação do paciente e acompanhantes, além de ter parâmetros de avaliação para otimizar os seus serviços. Apesar de ainda ser pouco utilizado, o NPS na saúde indica notas promissoras para o setor. No Relatório Anual de 2020 de NPS e CX Benchmarks, do CustomerGauge, a indústria da área da saúde obteve 63 pontos na avaliação geral, com taxa de retorno de 96%, um dos maiores entre as categorias analisadas. A nota ficou acima de setores como tecnologia, restaurantes, agências de seguros e telecomunicações. Assim, o NPS na saúde não é conveniente apenas para mensurar a qualidade do atendimento, como também para determinar a eficiência dos serviços médicos de forma geral.

Dessa forma, é possível determinar o nível de lealdade e satisfação do paciente e acompanhantes, além de ter parâmetros de avaliação para otimizar os seus serviços. Apesar de ainda ser pouco utilizado, o NPS na saúde indica notas promissoras para o setor. No Relatório Anual de 2020 de NPS e CX Benchmarks, do CustomerGauge, a indústria da área da saúde obteve 63 pontos na avaliação geral, com taxa de retorno de 96%, um dos maiores entre as categorias analisadas. A nota ficou acima de setores como tecnologia, restaurantes, agências de seguros e telecomunicações. Assim, o NPS na saúde não é conveniente apenas para mensurar a qualidade do atendimento, como também para determinar a eficiência dos serviços médicos de forma geral.

Fonte: https://www.neuralmed.ai/blog/nps-na-saude. Acesso em: 16 abr. 2024.

 

Satisfazer os usuários da saúde é sempre um desafio, pois, geralmente, os indivíduos estão fragilizados e encontram-se em algum estágio de sofrimento. Por isso, não basta agir com a razão, é imprescindível todo um trabalho de humanização, respeito e atenção. Nesse sentido, melhorar os serviços é primordial, ou seja, qualquer que seja o estabelecimento, torna-se relevante implantar sistemas de medição de satisfação, para que a partir de dados confiáveis a gestão possa propor melhorias. Sendo assim, vamos a sua tarefa!

 

ATIVIDADE:

 

  1. Em nosso material de estudos, você irá encontrar um tópico específico tratando sobre a Satisfação do Cliente. Portanto, primeiramente, faça toda a leitura desse tópico e, na sequência, apresente um texto argumentativo-dissertativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão (cerca de 15 linhas), com a mesma temática, apontando como a satisfação é tratada nos ambientes de saúde e quais os seus desafios. Ao final, apresente, de forma opcional, um relato de experiência, no qual você ou algum conhecido tenha vivenciado de satisfação ou insatisfação de atendimentos na área de saúde no Brasil.

NPS na área da Saúde – Entre a Gestão e a Satisfação NPS é a sigla para Net Promoter Score, uma métrica de avaliação que possibilita mensurar a lealdade e a satisfação do cliente diante da empresa. No caso do NPS na saúde, esse recurso pode ajudar a obter um feedback rápido dos pacientes e acompanhantes, por exemplo, permitindo que você saiba o que precisa ser modificado para atingir a máxima qualidade no atendimento. A dinâmica é simples e geralmente se resume a uma pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, quais as chances de você recomendar os serviços da clínica para um amigo ou familiar?”.

ATIVIDADE 1 – GH – MARKETING HOSPITALAR – 52_2024

ATIVIDADE DE ESTUDO 1

Vamos iniciar a Atividade de Estudo 1 com a leitura do texto a seguir:

NPS na área da Saúde – Entre a Gestão e a Satisfação

NPS é a sigla para Net Promoter Score, uma métrica de avaliação que possibilita mensurar a lealdade e a satisfação do cliente diante da empresa. No caso do NPS na saúde, esse recurso pode ajudar a obter um feedback rápido dos pacientes e acompanhantes, por exemplo, permitindo que você saiba o que precisa ser modificado para atingir a máxima qualidade no atendimento. A dinâmica é simples e geralmente se resume a uma pergunta: “Em uma escala de 0 a 10, quais as chances de você recomendar os serviços da clínica para um amigo ou familiar?”.

Dessa forma, é possível determinar o nível de lealdade e satisfação do paciente e acompanhantes, além de ter parâmetros de avaliação para otimizar os seus serviços. Apesar de ainda ser pouco utilizado, o NPS na saúde indica notas promissoras para o setor. No Relatório Anual de 2020 de NPS e CX Benchmarks, do CustomerGauge, a indústria da área da saúde obteve 63 pontos na avaliação geral, com taxa de retorno de 96%, um dos maiores entre as categorias analisadas. A nota ficou acima de setores como tecnologia, restaurantes, agências de seguros e telecomunicações. Assim, o NPS na saúde não é conveniente apenas para mensurar a qualidade do atendimento, como também para determinar a eficiência dos serviços médicos de forma geral.

Fonte: https://www.neuralmed.ai/blog/nps-na-saude. Acesso em: 16 abr. 2024.

 

Satisfazer os usuários da saúde é sempre um desafio, pois, geralmente, os indivíduos estão fragilizados e encontram-se em algum estágio de sofrimento. Por isso, não basta agir com a razão, é imprescindível todo um trabalho de humanização, respeito e atenção. Nesse sentido, melhorar os serviços é primordial, ou seja, qualquer que seja o estabelecimento, torna-se relevante implantar sistemas de medição de satisfação, para que a partir de dados confiáveis a gestão possa propor melhorias. Sendo assim, vamos a sua tarefa!

 

ATIVIDADE:

 

  1. Em nosso material de estudos, você irá encontrar um tópico específico tratando sobre a Satisfação do Cliente. Portanto, primeiramente, faça toda a leitura desse tópico e, na sequência, apresente um texto argumentativo-dissertativo, com introdução, desenvolvimento e conclusão (cerca de 15 linhas), com a mesma temática, apontando como a satisfação é tratada nos ambientes de saúde e quais os seus desafios. Ao final, apresente, de forma opcional, um relato de experiência, no qual você ou algum conhecido tenha vivenciado de satisfação ou insatisfação de atendimentos na área de saúde no Brasil.

 

b) Após selecionar o médico credenciado, é necessário formalizar e finalizar a contratação por meio de um contrato. Explique (em no mínimo 5 linhas) cada etapa do ciclo de vida de um contrato (pré contratação, contratação, pré execução, execução, encerramento.

  1. b) Após selecionar o médico credenciado, é necessário formalizar e finalizar a contratação por meio de um contrato. Explique (em no mínimo 5 linhas) cada etapa do ciclo de vida de um contrato (pré contratação, contratação, pré execução, execução, encerramento.

Com relação ao credenciamento, imagine que você é o gestor de um hospital público e precisa contratar um médico especialista em uma área com escassez e a única alternativa é utilizar o credenciamento. Nesse sentido: a) Crie um texto argumentativo para explicar para a diretoria do hospital o que é credenciamento, a sua legalidade e quais ocasiões é possível utilizar para convencê-los dessa alternativa para suprir a demanda. Para a resposta, é necessário utiliza ao menos 06 (cinco) linhas.

Com relação ao credenciamento, imagine que você é o gestor de um hospital público e precisa contratar um médico especialista em uma área com escassez e a única alternativa é utilizar o credenciamento. Nesse sentido:

 

  1. a) Crie um texto argumentativo para explicar para a diretoria do hospital o que é credenciamento, a sua legalidade e quais ocasiões é possível utilizar para convencê-los dessa alternativa para suprir a demanda. Para a resposta, é necessário utiliza ao menos 06 (cinco) linhas.

 

  1. b) Após selecionar o médico credenciado, é necessário formalizar e finalizar a contratação por meio de um contrato. Explique (em no mínimo 5 linhas) cada etapa do ciclo de vida de um contrato (pré contratação, contratação, pré execução, execução, encerramento.

 

O trecho anterior, reflete sobre a falta de médicos em diferentes regiões brasileiras para atender a demanda da sociedade. Quando se fala de serviço público, o médico, assim como outros profissionais, deve ser contratado por concurso, mas, na falta de profissionais na área da saúde, uma das alternativas para a Administração Pública utilizar é o credenciamento.

O trecho anterior, reflete sobre a falta de médicos em diferentes regiões brasileiras para atender a demanda da sociedade. Quando se fala de serviço público, o médico, assim como outros profissionais, deve ser contratado por concurso, mas, na falta de profissionais na área da saúde, uma das alternativas para a Administração Pública utilizar é o credenciamento.

 

Com relação ao credenciamento, imagine que você é o gestor de um hospital público e precisa contratar um médico especialista em uma área com escassez e a única alternativa é utilizar o credenciamento. Nesse sentido:

 

  1. a) Crie um texto argumentativo para explicar para a diretoria do hospital o que é credenciamento, a sua legalidade e quais ocasiões é possível utilizar para convencê-los dessa alternativa para suprir a demanda. Para a resposta, é necessário utiliza ao menos 06 (cinco) linhas.

 

  1. b) Após selecionar o médico credenciado, é necessário formalizar e finalizar a contratação por meio de um contrato. Explique (em no mínimo 5 linhas) cada etapa do ciclo de vida de um contrato (pré contratação, contratação, pré execução, execução, encerramento.

A simples abertura de mais escolas de medicina e de mais vagas em cursos já existentes não basta para reduzir as desigualdades regionais em locais de baixa concentração de médicos, em áreas distantes, do Norte, do Nordeste ou do interior. Após a graduação, o médico recém-formado tende a migrar para outros centros mais desenvolvidos, como São Paulo e Rio de Janeiro, entre outros. De forma geral, as metrópoles se mostram mais atraentes para estes profissionais que as cidades onde nasceram ou se formaram. Esse persistente fluxo de médicos em direção aos mesmos lugares pode agravar ainda mais desigualdades e gerar outras consequências indesejadas ao sistema de saúde brasileiro. Apesar de todas as mazelas existentes, se o atendimento à saúde ainda funciona é pelo compromisso dos médicos com a sociedade e pela cobrança pelo envolvimento do governo e de outros setores da sociedade neste debate. É importante que se tenha sempre em mente que as entidades médicas, como instituições, estão sempre interessadas em dialogar e encontrar propostas e respostas para os problemas da assistência de nossa população.

ATIVIDADE 1 – GH – GESTÃO DE CONTRATOS, TERCEIRIZAÇÃO E LICITAÇÃO – 52_2024

 

A simples abertura de mais escolas de medicina e de mais vagas em cursos já existentes não basta para reduzir as desigualdades regionais em locais de baixa concentração de médicos, em áreas distantes, do Norte, do Nordeste ou do interior. Após a graduação, o médico recém-formado tende a migrar para outros centros mais desenvolvidos, como São Paulo e Rio de Janeiro, entre outros. De forma geral, as metrópoles se mostram mais atraentes para estes profissionais que as cidades onde nasceram ou se formaram. Esse persistente fluxo de médicos em direção aos mesmos lugares pode agravar ainda mais desigualdades e gerar outras consequências indesejadas ao sistema de saúde brasileiro. Apesar de todas as mazelas existentes, se o atendimento à saúde ainda funciona é pelo compromisso dos médicos com a sociedade e pela cobrança pelo envolvimento do governo e de outros setores da sociedade neste debate. É importante que se tenha sempre em mente que as entidades médicas, como instituições, estão sempre interessadas em dialogar e encontrar propostas e respostas para os problemas da assistência de nossa população.

Fonte: https://www.crmpr.org.br/Onde-esta-meu-doutor-Faltam-ou-nao-faltam-medicos-no-Brasil-13-1039.shtml. Acesso em: 21 abr. 2024 (adaptado).

 

O trecho anterior, reflete sobre a falta de médicos em diferentes regiões brasileiras para atender a demanda da sociedade. Quando se fala de serviço público, o médico, assim como outros profissionais, deve ser contratado por concurso, mas, na falta de profissionais na área da saúde, uma das alternativas para a Administração Pública utilizar é o credenciamento.

 

Com relação ao credenciamento, imagine que você é o gestor de um hospital público e precisa contratar um médico especialista em uma área com escassez e a única alternativa é utilizar o credenciamento. Nesse sentido:

 

  1. a) Crie um texto argumentativo para explicar para a diretoria do hospital o que é credenciamento, a sua legalidade e quais ocasiões é possível utilizar para convencê-los dessa alternativa para suprir a demanda. Para a resposta, é necessário utiliza ao menos 06 (cinco) linhas.

 

  1. b) Após selecionar o médico credenciado, é necessário formalizar e finalizar a contratação por meio de um contrato. Explique (em no mínimo 5 linhas) cada etapa do ciclo de vida de um contrato (pré contratação, contratação, pré execução, execução, encerramento.

 

Home
Minha Conta
Carrinho
Downloads