Arquivos de Categoria: Pedagogia

Olá, somos a Prime Educacional!

Nossa equipe é composta por profissionais especializados em diversas áreas, o que nos permite oferecer uma assessoria completa na elaboração de uma ampla variedade de atividades. Estamos empenhados em garantir a autenticidade e originalidade de todos os trabalhos que realizamos.

Ficaríamos muito satisfeitos em poder ajudar você. Entre em contato conosco para solicitar o seu serviço.

Aponte o celular para abrir o WhatsApp

ou clique aqui

Pois bem, os temas elencados evidenciam justamente algumas temáticas abordadas nesta disciplina, que se constitui como fundamental para o exercício do profissional da educação de uma forma consciente e efetiva.

Pois bem, os temas elencados evidenciam justamente algumas temáticas abordadas nesta disciplina, que se constitui como fundamental para o exercício do profissional da educação de uma forma consciente e efetiva.

Desse modo, proponho que sistematize em, no mínimo 10 e no máximo 15 linhas, qual o objetivo da Psicologia da Educação e a sua importância na práxis do profissional da educação.

 

Ao se depararem com tal questionamento atentavam-se para a angústia desencadeada pelos alunos que não aprendiam conforme o esperado, as dificuldades disciplinares enfrentada no manejo de turmas, a suposta falta de interesse e comprometimento dos discentes com seus compromissos escolares.

Ao se depararem com tal questionamento atentavam-se para a angústia desencadeada pelos alunos que não aprendiam conforme o esperado, as dificuldades disciplinares enfrentada no manejo de turmas, a suposta falta de interesse e comprometimento dos discentes com seus compromissos escolares.

Pois bem, os temas elencados evidenciam justamente algumas temáticas abordadas nesta disciplina, que se constitui como fundamental para o exercício do profissional da educação de uma forma consciente e efetiva.

Desse modo, proponho que sistematize em, no mínimo 10 e no máximo 15 linhas, qual o objetivo da Psicologia da Educação e a sua importância na práxis do profissional da educação.

 

Em minha experiência profissional como psicóloga escolar e professora universitária para os cursos vinculados à educação sempre fui questionada pelos profissionais desta área sobre os motivos pelos quais era necessário aprenderem sobre os fundamentos da Psicologia da Educação. O qual sempre devolvi com a seguinte pergunta: no exercício da sua profissão, o maior obstáculo é desenvolver metodologias de ensino-aprendizagem ou manejo com os indivíduos atendidos?

ATIVIDADE 1 – PSICOLOGIA DA EDUCAÇÃO – 52_2024

 

Em minha experiência profissional como psicóloga escolar e professora universitária para os cursos vinculados à educação sempre fui questionada pelos profissionais desta área sobre os motivos pelos quais era necessário aprenderem sobre os fundamentos da Psicologia da Educação. O qual sempre devolvi com a seguinte pergunta: no exercício da sua profissão, o maior obstáculo é desenvolver metodologias de ensino-aprendizagem ou manejo com os indivíduos atendidos?

Ao se depararem com tal questionamento atentavam-se para a angústia desencadeada pelos alunos que não aprendiam conforme o esperado, as dificuldades disciplinares enfrentada no manejo de turmas, a suposta falta de interesse e comprometimento dos discentes com seus compromissos escolares.

Pois bem, os temas elencados evidenciam justamente algumas temáticas abordadas nesta disciplina, que se constitui como fundamental para o exercício do profissional da educação de uma forma consciente e efetiva.

Desse modo, proponho que sistematize em, no mínimo 10 e no máximo 15 linhas, qual o objetivo da Psicologia da Educação e a sua importância na práxis do profissional da educação.

 

Observações: – Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café; – Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado. – A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ. – A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário. Bons estudos!

 

Observações:

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café;

– Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado.

– A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ.

A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário.

 

Bons estudos!

Faça o download do formulário padrão obrigatório para a atividade, nele consta todas as orientações. Para sua atividade 1 você precisará: Preencher o formulário padrão da atividade com os dados solicitados Elaborar uma (1) sugestão de atividade com uma caixa sensorial e/ou tapete sensorial. Lembre-se que sua atividade deve estar adequada a uma turma de infantil III (3 anos). Indicar os materiais que seriam necessários para a realização do plano de aula.

 

Faça o download do formulário padrão obrigatório para a atividade, nele consta todas as orientações. Para sua atividade 1 você precisará:

 

  1. Preencher o formulário padrão da atividade com os dados solicitados
  2. Elaborar uma (1) sugestão de atividade com uma caixa sensorial e/ou tapete sensorial. Lembre-se que sua atividade deve estar adequada a uma turma de infantil III (3 anos).
  3. Indicar os materiais que seriam necessários para a realização do plano de aula.

 

Observações:

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café;

– Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado.

– A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ.

A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário.

 

Bons estudos!

Veja as informações que norteiam o seu plano de aula: PLANO DE AULA – INFANTIL III (3 ANOS) CAMPO DE EXPERIÊNCIA: Traços, sons, cores e formas. OBJETIVO DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO: Utilizar diferentes materiais, suportes e procedimentos para grafar, explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes.

Veja as informações que norteiam o seu plano de aula:

 

PLANO DE AULA – INFANTIL III (3 ANOS)

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: Traços, sons, cores e formas.

OBJETIVO DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO: Utilizar diferentes materiais, suportes e procedimentos para grafar, explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes.

 

Faça o download do formulário padrão obrigatório para a atividade, nele consta todas as orientações. Para sua atividade 1 você precisará:

 

  1. Preencher o formulário padrão da atividade com os dados solicitados
  2. Elaborar uma (1) sugestão de atividade com uma caixa sensorial e/ou tapete sensorial. Lembre-se que sua atividade deve estar adequada a uma turma de infantil III (3 anos).
  3. Indicar os materiais que seriam necessários para a realização do plano de aula.

 

Observações:

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café;

– Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado.

– A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ.

A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário.

 

Bons estudos!

 

Imagine que você foi contratado(a) para assumir uma turma de Infantil III (3 anos) e terá que elaborar um plano uma aula que atenda a um campo de experiência e objetivo específico da BNCC. Sua proposta de aula deve englobar a utilização de um recurso sensorial, como uma caixa de texturas ou tapete sensorial e, também, uma proprosta de atividade que utilize esse recurso.

Imagine que você foi contratado(a) para assumir uma turma de Infantil III (3 anos) e terá que elaborar um plano uma aula que atenda a um campo de experiência e objetivo específico da BNCC. Sua proposta de aula deve englobar a utilização de um recurso sensorial, como uma caixa de texturas ou tapete sensorial e, também, uma proprosta de atividade que utilize esse recurso.

Veja as informações que norteiam o seu plano de aula:

 

PLANO DE AULA – INFANTIL III (3 ANOS)

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: Traços, sons, cores e formas.

OBJETIVO DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO: Utilizar diferentes materiais, suportes e procedimentos para grafar, explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes.

 

Faça o download do formulário padrão obrigatório para a atividade, nele consta todas as orientações. Para sua atividade 1 você precisará:

 

  1. Preencher o formulário padrão da atividade com os dados solicitados
  2. Elaborar uma (1) sugestão de atividade com uma caixa sensorial e/ou tapete sensorial. Lembre-se que sua atividade deve estar adequada a uma turma de infantil III (3 anos).
  3. Indicar os materiais que seriam necessários para a realização do plano de aula.

 

Observações:

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café;

– Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado.

– A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ.

A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário.

 

Bons estudos!

Como futuro profissional que lidará com os processos de ensino e aprendizagem é preciso conhecer as teorias que nortearão sua prática, mas também vivenciar momentos que aplicação, e\ou sintetização dessa teoria, na prática. Maria Montessori iniciou sua carreira com crianças que eram privadas de estimulação sensorial e, muito cedo, observou que o desenvolvimento infantil era potencializado quando tal estimulação era fornecida. Com base nessas observações, Montessori começou a desenvolver seu próprio conjunto de materiais que ela chamou de “Educação sensorial”.

ATIVIDADE 1 – PRÁTICA PEDAGÓGICA: EDUCAÇÃO INFANTIL – 52_2024

 

Caro(a) aluno(a),

 

Este ambiente é para o envio da Atividade de estudo 1 – Valor 3,0.

A atividade de estudo 1 é obrigatória para a disciplina.

 

Como futuro profissional que lidará com os processos de ensino e aprendizagem é preciso conhecer as teorias que nortearão sua prática, mas também vivenciar momentos que aplicação, e\ou sintetização dessa teoria, na prática. Maria Montessori iniciou sua carreira com crianças que eram privadas de estimulação sensorial e, muito cedo, observou que o desenvolvimento infantil era potencializado quando tal estimulação era fornecida. Com base nessas observações, Montessori começou a desenvolver seu próprio conjunto de materiais que ela chamou de “Educação sensorial”.

 

Fonte: FERRAZZO, G.; MACIEL, A. C. Fundamentos da Educação Especial: contribuições para uma reflexão filosófico-educacional. Revista COCAR, Belém, v. 10, n. 20, p. 367 a 385-ago./dez. 2016

 

Imagine que você foi contratado(a) para assumir uma turma de Infantil III (3 anos) e terá que elaborar um plano uma aula que atenda a um campo de experiência e objetivo específico da BNCC. Sua proposta de aula deve englobar a utilização de um recurso sensorial, como uma caixa de texturas ou tapete sensorial e, também, uma proprosta de atividade que utilize esse recurso.

Veja as informações que norteiam o seu plano de aula:

 

PLANO DE AULA – INFANTIL III (3 ANOS)

CAMPO DE EXPERIÊNCIA: Traços, sons, cores e formas.

OBJETIVO DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO: Utilizar diferentes materiais, suportes e procedimentos para grafar, explorando cores, texturas, superfícies, planos, formas e volumes.

 

Faça o download do formulário padrão obrigatório para a atividade, nele consta todas as orientações. Para sua atividade 1 você precisará:

 

  1. Preencher o formulário padrão da atividade com os dados solicitados
  2. Elaborar uma (1) sugestão de atividade com uma caixa sensorial e/ou tapete sensorial. Lembre-se que sua atividade deve estar adequada a uma turma de infantil III (3 anos).
  3. Indicar os materiais que seriam necessários para a realização do plano de aula.

 

Observações:

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível no ambiente da disciplina na Sala do café;

– Para esta atividade não é necessário criar a caixa/tapete sensorial, somente elaborar uma sugestão de atividade que se enquadre na turma referida e que trabalhe com o campo de experiência e objetivo mencionado.

– A correção da sua atividade será feita pelo arquivo que você anexar no ambiente da atividade MAPA, por este motivo solicitamos atenção ao formato do arquivo anexado (editor de texto Word). Por este motivo, certifique-se de encaminhar o arquivo correto, pois não há como alterar o arquivo enviado. O envio é realizado UMA ÚNICA VEZ.

A Unicesumar não se responsabiliza por arquivos de atividades não finalizadas, sendo estas, portanto, não recebidas por motivos de ordem técnica dos computadores, falhas de comunicação, congestionamento das linhas de comunicação, bem como por outros fatores que impossibilitem a transferência de dados. Estejam atentos para conferir o arquivo enviado e finalizar o questionário.

 

Bons estudos!

 

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu Art. 62, enfatiza que a formação mínima exigida para atuação na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental é o magistério em Nível Médio, porém recomenda a formação de professores em Nível Superior. Portanto, algumas secretarias de educação admitem profissionais formados no magistério em Nível Médio por meio de concursos públicos para preencher vagas em escolas” (MATTIOLLI, 2020, p. 75).

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu Art. 62, enfatiza que a formação mínima exigida para atuação na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental é o magistério em Nível Médio, porém recomenda a formação de professores em Nível Superior. Portanto, algumas secretarias de educação admitem profissionais formados no magistério em Nível Médio por meio de concursos públicos para preencher vagas em escolas” (MATTIOLLI, 2020, p. 75).

 

Fonte: MATTIOLLI, M. R. Prática de Ensino das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio. Maringá: UniCesumar, 2020.

 

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

No referido curso, o(a) pedagogo(a) pode atuar nas disciplinas pedagógicas (específicas), ou seja, na área de Fundamentos da Educação, Metodologias de Ensino e Estágio Supervisionado.

No referido curso, o(a) pedagogo(a) pode atuar nas disciplinas pedagógicas (específicas), ou seja, na área de Fundamentos da Educação, Metodologias de Ensino e Estágio Supervisionado.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu Art. 62, enfatiza que a formação mínima exigida para atuação na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental é o magistério em Nível Médio, porém recomenda a formação de professores em Nível Superior. Portanto, algumas secretarias de educação admitem profissionais formados no magistério em Nível Médio por meio de concursos públicos para preencher vagas em escolas” (MATTIOLLI, 2020, p. 75).

 

Fonte: MATTIOLLI, M. R. Prática de Ensino das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio. Maringá: UniCesumar, 2020.

 

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

O curso de Formação de Docentes é ofertado em Nível Médio, na forma integrada para alunos egressos do Ensino Fundamental e profissionaliza para a docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

O curso de Formação de Docentes é ofertado em Nível Médio, na forma integrada para alunos egressos do Ensino Fundamental e profissionaliza para a docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

No referido curso, o(a) pedagogo(a) pode atuar nas disciplinas pedagógicas (específicas), ou seja, na área de Fundamentos da Educação, Metodologias de Ensino e Estágio Supervisionado.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu Art. 62, enfatiza que a formação mínima exigida para atuação na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental é o magistério em Nível Médio, porém recomenda a formação de professores em Nível Superior. Portanto, algumas secretarias de educação admitem profissionais formados no magistério em Nível Médio por meio de concursos públicos para preencher vagas em escolas” (MATTIOLLI, 2020, p. 75).

 

Fonte: MATTIOLLI, M. R. Prática de Ensino das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio. Maringá: UniCesumar, 2020.

 

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

Análise o seguinte trecho: “A Educação Profissional como modalidade de ensino faz parte da educação básica, a qual é ofertada por meio dos cursos técnicos profissionalizantes. Na sua forma integrada, ela tenta garantir a formação geral científica e básica (específica de cada curso), com duração de quatro anos, e destina-se aos alunos egressos do Ensino Fundamental. É ofertado, ainda, para alunos com 18 anos ou mais, o Ensino Médio Integrado à Educação Profissional na Modalidade Educação de Jovens e Adultos. Ainda, existem os Cursos Técnicos na forma subsequente, os quais se destinam àqueles alunos concluintes do Ensino Médio, que desejam a complementação dos estudos a fim de obter a profissionalização, geralmente, com duração de um a dois a anos, conforme a Lei nº 11.741, de 2008.

ATIVIDADE 1 – PRÁTICA DE ENSINO DAS MATÉRIAS PEDAGÓGICAS DO ENSINO MÉDIO – 52 _2024

 

Análise o seguinte trecho:

 

“A Educação Profissional como modalidade de ensino faz parte da educação básica, a qual é ofertada por meio dos cursos técnicos profissionalizantes. Na sua forma integrada, ela tenta garantir a formação geral científica e básica (específica de cada curso), com duração de quatro anos, e destina-se aos alunos egressos do Ensino Fundamental. É ofertado, ainda, para alunos com 18 anos ou mais, o Ensino Médio Integrado à Educação Profissional na Modalidade Educação de Jovens e Adultos. Ainda, existem os Cursos Técnicos na forma subsequente, os quais se destinam àqueles alunos concluintes do Ensino Médio, que desejam a complementação dos estudos a fim de obter a profissionalização, geralmente, com duração de um a dois a anos, conforme a Lei nº 11.741, de 2008.

O curso de Formação de Docentes é ofertado em Nível Médio, na forma integrada para alunos egressos do Ensino Fundamental e profissionaliza para a docência na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

No referido curso, o(a) pedagogo(a) pode atuar nas disciplinas pedagógicas (específicas), ou seja, na área de Fundamentos da Educação, Metodologias de Ensino e Estágio Supervisionado.

A Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu Art. 62, enfatiza que a formação mínima exigida para atuação na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental é o magistério em Nível Médio, porém recomenda a formação de professores em Nível Superior. Portanto, algumas secretarias de educação admitem profissionais formados no magistério em Nível Médio por meio de concursos públicos para preencher vagas em escolas” (MATTIOLLI, 2020, p. 75).

 

Fonte: MATTIOLLI, M. R. Prática de Ensino das Matérias Pedagógicas do Ensino Médio. Maringá: UniCesumar, 2020.

 

De acordo com o material didático e as aulas conceituais, desenvolva um texto de 15 a 20 linhas, apresentando a importância da formação de docentes em nível médio para a educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental.

* Levando em consideração as duas diferenças selecionadas por você, proponha, enquanto futuro profissional da educação, uma estratégia com a proposta de ressignificar o conceito de integração na escola e uma outra para que a inclusão seja efetivada, justificando a sua resposta.

* Levando em consideração as duas diferenças selecionadas por você, proponha, enquanto futuro profissional da educação, uma estratégia com a proposta de ressignificar o conceito de integração na escola e uma outra para que a inclusão seja efetivada, justificando a sua resposta.

Com base nos excertos acima, a respeito de integração e inclusão, e nas concepções abordadas na Unidade I do livro didático, reflita e apresente em forma de texto, justificando a sua resposta. * Duas diferenças entre integração e inclusão escolar, que você considera importante compreender para atuar com o público alvo da educação especial.

Com base nos excertos acima, a respeito de integração e inclusão, e nas concepções abordadas na Unidade I do livro didático, reflita e apresente em forma de texto, justificando a sua resposta.

 

* Duas diferenças entre integração e inclusão escolar, que você considera importante compreender para atuar com o público alvo da educação especial.

* Levando em consideração as duas diferenças selecionadas por você, proponha, enquanto futuro profissional da educação, uma estratégia com a proposta de ressignificar o conceito de integração na escola e uma outra para que a inclusão seja efetivada, justificando a sua resposta.

 

Excerto 2: Para Mantoan (2009, p.6), é importante que, ao nos depararmos com os conceitos de integração e de inclusão, saibamos distingui-los. Os vocábulos – integração e inclusão – conquanto possam ter significados semelhantes, são empregados para expressar situações de inserção diferentes e se fundamentam em posicionamentos teórico-metodológicos divergentes […]. Na integração escolar, o aluno tem acesso às escolas por meio de um leque de possibilidades educacionais, que vai da inserção às salas de aula do ensino regular ao ensino em escolas especiais […]. As escolas inclusivas propõem um modo de organização do sistema educacional que considera as necessidades de todos os alunos e que é estruturado em função dessas necessidades. A inclusão implica uma mudança de perspectiva educacional, pois não se limita aos alunos com deficiência e aos que apresentam dificuldades de aprender, mas a todos os demais, para que obtenham sucesso na corrente educativa geral […]. Na perspectiva inclusiva, as escolas atendem às diferenças, sem discriminar, sem trabalhar à parte com alguns alunos, sem estabelecer regras específicas para planejar, para aprender, para avaliar. (Mantoan, 2009, p. 6-7)

Excerto 2:

Para Mantoan (2009, p.6), é importante que, ao nos depararmos com os conceitos de integração e de inclusão, saibamos distingui-los. Os vocábulos – integração e inclusão – conquanto possam ter significados semelhantes, são empregados para expressar situações de inserção diferentes e se fundamentam em posicionamentos teórico-metodológicos divergentes […]. Na integração escolar, o aluno tem acesso às escolas por meio de um leque de possibilidades educacionais, que vai da inserção às salas de aula do ensino regular ao ensino em escolas especiais […]. As escolas inclusivas propõem um modo de organização do sistema educacional que considera as necessidades de todos os alunos e que é estruturado em função dessas necessidades. A inclusão implica uma mudança de perspectiva educacional, pois não se limita aos alunos com deficiência e aos que apresentam dificuldades de aprender, mas a todos os demais, para que obtenham sucesso na corrente educativa geral […]. Na perspectiva inclusiva, as escolas atendem às diferenças, sem discriminar, sem trabalhar à parte com alguns alunos, sem estabelecer regras específicas para planejar, para aprender, para avaliar. (Mantoan, 2009, p. 6-7)

 

MANTOAN, M. T. E. (2009). O Direito à Diferença, na Igualdade de Direitos. Bengala Legal, 1-14. Recuperado de https://www.bengalalegal.com

 

Com base nos excertos acima, a respeito de integração e inclusão, e nas concepções abordadas na Unidade I do livro didático, reflita e apresente em forma de texto, justificando a sua resposta.

 

* Duas diferenças entre integração e inclusão escolar, que você considera importante compreender para atuar com o público alvo da educação especial.

* Levando em consideração as duas diferenças selecionadas por você, proponha, enquanto futuro profissional da educação, uma estratégia com a proposta de ressignificar o conceito de integração na escola e uma outra para que a inclusão seja efetivada, justificando a sua resposta.

 

Excerto1:  A maioria dos autores que defendem a integração defende também a ideia de se propiciar um atendimento diferenciado – em nível pessoal, didático ou metodológico – às crianças de Educação Especial. No entanto, quando se cria tais serviços, organizando recursos pedagógicos e didáticos especializados, a escola regular está sendo contraditória em relação aos seus princípios, pois já está tratando de forma diferente aqueles que ela recebeu como iguais. Percebemos, desse modo, que existe uma ambiguidade provocada pelo desejo de integrar quem é diferente e a noção de necessidades específicas.

ATIVIDADE 1 – PED – POLÍTICAS E O PROCESSO ENSINO/APRENDIZAGEM NA EDUCAÇÃO INCLUSIVA – 52_2024

Para realizar a atividade 1, leia e analise os excertos a seguir: 

 

Excerto1: 

A maioria dos autores que defendem a integração defende também a ideia de se propiciar um atendimento diferenciado – em nível pessoal, didático ou metodológico – às crianças de Educação Especial. No entanto, quando se cria tais serviços, organizando recursos pedagógicos e didáticos especializados, a escola regular está sendo contraditória em relação aos seus princípios, pois já está tratando de forma diferente aqueles que ela recebeu como iguais. Percebemos, desse modo, que existe uma ambiguidade provocada pelo desejo de integrar quem é diferente e a noção de necessidades específicas.

BORGES, M. C.; ORNELLAS, H.; PEREIRA, S.; AQUINO, O. F. Inclusão versus integração: a problemática das políticas e da formação docente. Revista Iberoamericana de Educación / Revista Ibero-americana de Educação ISSN: 1681-5653 n.º 59/3 – 15/07/12

 

Excerto 2:

Para Mantoan (2009, p.6), é importante que, ao nos depararmos com os conceitos de integração e de inclusão, saibamos distingui-los. Os vocábulos – integração e inclusão – conquanto possam ter significados semelhantes, são empregados para expressar situações de inserção diferentes e se fundamentam em posicionamentos teórico-metodológicos divergentes […]. Na integração escolar, o aluno tem acesso às escolas por meio de um leque de possibilidades educacionais, que vai da inserção às salas de aula do ensino regular ao ensino em escolas especiais […]. As escolas inclusivas propõem um modo de organização do sistema educacional que considera as necessidades de todos os alunos e que é estruturado em função dessas necessidades. A inclusão implica uma mudança de perspectiva educacional, pois não se limita aos alunos com deficiência e aos que apresentam dificuldades de aprender, mas a todos os demais, para que obtenham sucesso na corrente educativa geral […]. Na perspectiva inclusiva, as escolas atendem às diferenças, sem discriminar, sem trabalhar à parte com alguns alunos, sem estabelecer regras específicas para planejar, para aprender, para avaliar. (Mantoan, 2009, p. 6-7)

 

MANTOAN, M. T. E. (2009). O Direito à Diferença, na Igualdade de Direitos. Bengala Legal, 1-14. Recuperado de https://www.bengalalegal.com

 

Com base nos excertos acima, a respeito de integração e inclusão, e nas concepções abordadas na Unidade I do livro didático, reflita e apresente em forma de texto, justificando a sua resposta.

 

* Duas diferenças entre integração e inclusão escolar, que você considera importante compreender para atuar com o público alvo da educação especial.

* Levando em consideração as duas diferenças selecionadas por você, proponha, enquanto futuro profissional da educação, uma estratégia com a proposta de ressignificar o conceito de integração na escola e uma outra para que a inclusão seja efetivada, justificando a sua resposta.

 

A partir da leitura do texto e as informações do livro de Metodologia de Matemática, elabore um texto dissertativo (até 10 linhas) que estabeleça as diferenças entre classificação e seriação. Proponha duas atividades lúdicas (envolvendo a classificação e seriação) que oportunizem um trabalho sistemático de construção de conceitos matemáticos e descreva o que a criança poderá desenvolver participando destas atividades.

A partir da leitura do texto e as informações do livro de Metodologia de Matemática, elabore um texto dissertativo (até 10 linhas) que estabeleça as diferenças entre classificação e seriação. Proponha duas atividades lúdicas (envolvendo a classificação e seriação) que oportunizem um trabalho sistemático de construção de conceitos matemáticos e descreva o que a criança poderá desenvolver participando destas atividades.

“A criança tem contato com números antes mesmo de sua vida escolar, nas suas relações cotidianas. Lida com situações que envolvem ordenação, seriação, classificação, iniciando desta forma, a construção deste conceito. Porém caberá à escola organizar experiências que privilegiem a formação de diferentes conceitos. No entanto, percebe-se algumas angústias de professores da Educação Básica, anos iniciais, no que diz respeito à dificuldade de encaminhamentos adequados ao trabalho com a construção do conceito de número com as crianças (GARCIA; CAMARGO; FRANCA, 2012, p. 1).

  1. “A criança tem contato com números antes mesmo de sua vida escolar, nas suas relações cotidianas. Lida com situações que envolvem ordenação, seriação, classificação, iniciando desta forma, a construção deste conceito. Porém caberá à escola organizar experiências que privilegiem a formação de diferentes conceitos. No entanto, percebe-se algumas angústias de professores da Educação Básica, anos iniciais, no que diz respeito à dificuldade de encaminhamentos adequados ao trabalho com a construção do conceito de número com as crianças (GARCIA; CAMARGO; FRANCA, 2012, p. 1).

Estas informações encontram-se no texto: “A CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE NÚMERO PELA CRIANÇA” no link:

https://w3.ufsm.br/ceem/eiemat/Anais/arquivos/CC/CC_Perego_Franciele.pdf

 

A partir da leitura do texto e as informações do livro de Metodologia de Matemática, elabore um texto dissertativo (até 10 linhas) que estabeleça as diferenças entre classificação e seriação. Proponha duas atividades lúdicas (envolvendo a classificação e seriação) que oportunizem um trabalho sistemático de construção de conceitos matemáticos e descreva o que a criança poderá desenvolver participando destas atividades.

 

Boa atividade!

 

A construção do número  “A construção do conceito de número não acontece somente no Ensino Fundamental, pelo contrário, as noções mais elementares para esta construção podem e devem acontecer muito antes desse período, dentro e fora da escola. Fora da escola, nos momentos de vivências e experiências do seu dia a dia e, na escola, nos espaços de Educação Infantil, em que as interações mediadas pelo professor, precisam acontecer com os enfoques planejados, atividades e encaminhamentos com objetivos que conduzam esta construção pela criança” (GARCIA; CAMARGO; FRANCA, 2012, p. 3).

ATIVIDADE 1 – METODOLOGIA DA MATEMÁTICA – 52 _2024

 

A construção do número 

 

  1. “A construção do conceito de número não acontece somente no Ensino Fundamental, pelo contrário, as noções mais elementares para esta construção podem e devem acontecer muito antes desse período, dentro e fora da escola. Fora da escola, nos momentos de vivências e experiências do seu dia a dia e, na escola, nos espaços de Educação Infantil, em que as interações mediadas pelo professor, precisam acontecer com os enfoques planejados, atividades e encaminhamentos com objetivos que conduzam esta construção pela criança” (GARCIA; CAMARGO; FRANCA, 2012, p. 3).

 

  1. “A criança tem contato com números antes mesmo de sua vida escolar, nas suas relações cotidianas. Lida com situações que envolvem ordenação, seriação, classificação, iniciando desta forma, a construção deste conceito. Porém caberá à escola organizar experiências que privilegiem a formação de diferentes conceitos. No entanto, percebe-se algumas angústias de professores da Educação Básica, anos iniciais, no que diz respeito à dificuldade de encaminhamentos adequados ao trabalho com a construção do conceito de número com as crianças (GARCIA; CAMARGO; FRANCA, 2012, p. 1).

Estas informações encontram-se no texto: “A CONSTRUÇÃO DO CONCEITO DE NÚMERO PELA CRIANÇA” no link:

https://w3.ufsm.br/ceem/eiemat/Anais/arquivos/CC/CC_Perego_Franciele.pdf

 

A partir da leitura do texto e as informações do livro de Metodologia de Matemática, elabore um texto dissertativo (até 10 linhas) que estabeleça as diferenças entre classificação e seriação. Proponha duas atividades lúdicas (envolvendo a classificação e seriação) que oportunizem um trabalho sistemático de construção de conceitos matemáticos e descreva o que a criança poderá desenvolver participando destas atividades.

 

Boa atividade!

 

A formação do gestor educacional e escolar precisa perceber a organização interna, as relações humanas que acontecem no interior da escola e a sua cultura. Nos currículos de nossos cursos de Pedagogia, quase todas as disciplinas enfocam assuntos que dificilmente encontram paralelos no cotidiano da educação escolar. Não se pode mais pensar a escola com funções divididas, mas como uma organização, em uma visão sistêmica. O curso de Pedagogia precisa garantir uma base de conhecimentos teóricos e práticos para que o futuro gestor se torne o articulador e o coordenador das atividades-fim da escola, integrando a teoria e a prática, conhecendo a realidade e buscando alternativas para enfrentá-la.

ATIVIDADE 1 – PED – GESTÃO ESCOLAR E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO BÁSICA – 52 _2024

 

A formação do gestor educacional e escolar precisa perceber a organização interna, as relações humanas que acontecem no interior da escola e a sua cultura. Nos currículos de nossos cursos de Pedagogia, quase todas as disciplinas enfocam assuntos que dificilmente encontram paralelos no cotidiano da educação escolar. Não se pode mais pensar a escola com funções divididas, mas como uma organização, em uma visão sistêmica. O curso de Pedagogia precisa garantir uma base de conhecimentos teóricos e práticos para que o futuro gestor se torne o articulador e o coordenador das atividades-fim da escola, integrando a teoria e a prática, conhecendo a realidade e buscando alternativas para enfrentá-la.

 

Fonte: SANTOS, C. R. dos. A Gestão Educacional e Escolar para a Modernidade. São Paulo: Cengage Learning, 2008.

 

Considerando a importância dos Pilares da Gestão Escolar, escreva, em 10 a 15 linhas, qual é a necessidade de o gestor ter a qualidade de todos os pilares.

OBSERVAÇÕES: — Atenção ao enviar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto. O arquivo deve ser enviado UMA ÚNICA VEZ. — Você não precisa aplicar a brincadeira com uma criança. Você apresentará apenas o planejamento. — Utilize o formulário padrão disponível no Material da Disciplina. — Utilize a letra Arial, tamanho 12, com espaçamento 1,5 e alinhamento justificado. — Utilize as normas da ABNT para escrever seu texto dissertativo. Esteja atento às regras para as citações diretas e indiretas e para as referências (acesse a sala do café para assistir ao vídeo explicativo, de como realizar citações e referências, conforme as normas da ABNT).


OBSERVAÇÕES:

— Atenção ao enviar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto. O arquivo deve ser enviado UMA ÚNICA VEZ.
— Você não precisa aplicar a brincadeira com uma criança. Você apresentará apenas o planejamento.
— Utilize o formulário padrão disponível no Material da Disciplina.
— Utilize a letra Arial, tamanho 12, com espaçamento 1,5 e alinhamento justificado.
— Utilize as normas da ABNT para escrever seu texto dissertativo. Esteja atento às regras para as citações diretas e indiretas e para as referências (acesse a sala do café para assistir ao vídeo explicativo, de como realizar citações e referências, conforme as normas da ABNT).

 

A partir disso, imagine que você trabalha como regente de uma turma em uma creche, com crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) e elaborará uma brincadeira, buscando alcançar um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento que compõem o campo de experiência “corpo, gestos e movimentos”. Para desenvolver sua atividade, você considerará os seguintes aspectos: 1) Cite o objetivo de aprendizagem e desenvolvimento (conforme a faixa etária) que pretende alcançar com a brincadeira (copie como está na BNCC). 2) Escreva o nome da brincadeira, o espaço no qual ela ocorrerá e a sua duração. 3) Escreva quais materiais serão utilizados para realizar a brincadeira. 4) Escreva como será o desenvolvimento da brincadeira. 5) Escreva qual será a intervenção pedagógica (orientar, conversar, levar a criar hipóteses etc.). 6) Escreva qual será a forma de registro da brincadeira (desenho, fotografia, colagem, relatório etc.). 7) Escreva um texto dissertativo (mínimo 15 e máximo 25 linhas) justificando a importância do brincar para o desenvolvimento infantil. Utilize duas referências (livro da disciplina, artigos, dissertações, teses) para embasar seu texto (utilize uma citação direta e outra indireta).


A partir disso, imagine que você trabalha como regente de uma turma em uma creche, com crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) e elaborará uma brincadeira, buscando alcançar um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento que compõem o campo de experiência “corpo, gestos e movimentos”. Para desenvolver sua atividade, você considerará os seguintes aspectos:

1) Cite o objetivo de aprendizagem e desenvolvimento (conforme a faixa etária) que pretende alcançar com a brincadeira (copie como está na BNCC).
2) Escreva o nome da brincadeira, o espaço no qual ela ocorrerá e a sua duração.
3) Escreva quais materiais serão utilizados para realizar a brincadeira.
4) Escreva como será o desenvolvimento da brincadeira.
5) Escreva qual será a intervenção pedagógica (orientar, conversar, levar a criar hipóteses etc.).
6) Escreva qual será a forma de registro da brincadeira (desenho, fotografia, colagem, relatório etc.).
7) Escreva um texto dissertativo (mínimo 15 e máximo 25 linhas) justificando a importância do brincar para o desenvolvimento infantil. Utilize duas referências (livro da disciplina, artigos, dissertações, teses) para embasar seu texto (utilize uma citação direta e outra indireta).

OBSERVAÇÕES:

— Atenção ao enviar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto. O arquivo deve ser enviado UMA ÚNICA VEZ.
— Você não precisa aplicar a brincadeira com uma criança. Você apresentará apenas o planejamento.
— Utilize o formulário padrão disponível no Material da Disciplina.
— Utilize a letra Arial, tamanho 12, com espaçamento 1,5 e alinhamento justificado.
— Utilize as normas da ABNT para escrever seu texto dissertativo. Esteja atento às regras para as citações diretas e indiretas e para as referências (acesse a sala do café para assistir ao vídeo explicativo, de como realizar citações e referências, conforme as normas da ABNT).

A organização do currículo desta etapa da educação na BNCC é estruturada em cinco campos de experiências, a partir dos quais são definidos os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. Um dos campos de experiência trazido pela organização curricular da Educação Infantil na BNCC é o “corpo, gestos e movimentos”, no qual, por meio da ludicidade e da interação, a criança deve ter a possibilidade de explorar e experienciar sons, gestos, movimentos e mímica com o corpo para se perceber no espaço. Fonte: BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: https://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 3 jan. 2024.

A organização do currículo desta etapa da educação na BNCC é estruturada em cinco campos de experiências, a partir dos quais são definidos os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. Um dos campos de experiência trazido pela organização curricular da Educação Infantil na BNCC é o “corpo, gestos e movimentos”, no qual, por meio da ludicidade e da interação, a criança deve ter a possibilidade de explorar e experienciar sons, gestos, movimentos e mímica com o corpo para se perceber no espaço.

Fonte: BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: https://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 3 jan. 2024.

A partir disso, imagine que você trabalha como regente de uma turma em uma creche, com crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) e elaborará uma brincadeira, buscando alcançar um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento que compõem o campo de experiência “corpo, gestos e movimentos”. Para desenvolver sua atividade, você considerará os seguintes aspectos:

1) Cite o objetivo de aprendizagem e desenvolvimento (conforme a faixa etária) que pretende alcançar com a brincadeira (copie como está na BNCC).
2) Escreva o nome da brincadeira, o espaço no qual ela ocorrerá e a sua duração.
3) Escreva quais materiais serão utilizados para realizar a brincadeira.
4) Escreva como será o desenvolvimento da brincadeira.
5) Escreva qual será a intervenção pedagógica (orientar, conversar, levar a criar hipóteses etc.).
6) Escreva qual será a forma de registro da brincadeira (desenho, fotografia, colagem, relatório etc.).
7) Escreva um texto dissertativo (mínimo 15 e máximo 25 linhas) justificando a importância do brincar para o desenvolvimento infantil. Utilize duas referências (livro da disciplina, artigos, dissertações, teses) para embasar seu texto (utilize uma citação direta e outra indireta).

OBSERVAÇÕES:

— Atenção ao enviar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto. O arquivo deve ser enviado UMA ÚNICA VEZ.
— Você não precisa aplicar a brincadeira com uma criança. Você apresentará apenas o planejamento.
— Utilize o formulário padrão disponível no Material da Disciplina.
— Utilize a letra Arial, tamanho 12, com espaçamento 1,5 e alinhamento justificado.
— Utilize as normas da ABNT para escrever seu texto dissertativo. Esteja atento às regras para as citações diretas e indiretas e para as referências (acesse a sala do café para assistir ao vídeo explicativo, de como realizar citações e referências, conforme as normas da ABNT).

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), na Educação Infantil, a interação e a brincadeira são os eixos que estruturam as aprendizagens e o desenvolvimento das crianças, o que garante os direitos de conviver, brincar, participar, explorar, expressar-se e conhecer-se. O brincar deve estar presente em espaços e tempos diversos, em uma variedade de formas, na interação com crianças e adultos, para que as crianças aumentem suas “produções culturais, seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais” (BRASIL, 2018, p. 38).

MAPA – PED – TEORIA E PRÁTICA NA EDUCAÇÃO INFANTIL – 51/2024

Segundo a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), na Educação Infantil, a interação e a brincadeira são os eixos que estruturam as aprendizagens e o desenvolvimento das crianças, o que garante os direitos de conviver, brincar, participar, explorar, expressar-se e conhecer-se. O brincar deve estar presente em espaços e tempos diversos, em uma variedade de formas, na interação com crianças e adultos, para que as crianças aumentem suas “produções culturais, seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais” (BRASIL, 2018, p. 38).

A organização do currículo desta etapa da educação na BNCC é estruturada em cinco campos de experiências, a partir dos quais são definidos os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento. Um dos campos de experiência trazido pela organização curricular da Educação Infantil na BNCC é o “corpo, gestos e movimentos”, no qual, por meio da ludicidade e da interação, a criança deve ter a possibilidade de explorar e experienciar sons, gestos, movimentos e mímica com o corpo para se perceber no espaço.

Fonte: BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF: MEC, 2018. Disponível em: https://basenacionalcomum.mec.gov.br. Acesso em: 3 jan. 2024.

A partir disso, imagine que você trabalha como regente de uma turma em uma creche, com crianças bem pequenas (1 ano e 7 meses a 3 anos e 11 meses) e elaborará uma brincadeira, buscando alcançar um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento que compõem o campo de experiência “corpo, gestos e movimentos”. Para desenvolver sua atividade, você considerará os seguintes aspectos:

1) Cite o objetivo de aprendizagem e desenvolvimento (conforme a faixa etária) que pretende alcançar com a brincadeira (copie como está na BNCC).
2) Escreva o nome da brincadeira, o espaço no qual ela ocorrerá e a sua duração.
3) Escreva quais materiais serão utilizados para realizar a brincadeira.
4) Escreva como será o desenvolvimento da brincadeira.
5) Escreva qual será a intervenção pedagógica (orientar, conversar, levar a criar hipóteses etc.).
6) Escreva qual será a forma de registro da brincadeira (desenho, fotografia, colagem, relatório etc.).
7) Escreva um texto dissertativo (mínimo 15 e máximo 25 linhas) justificando a importância do brincar para o desenvolvimento infantil. Utilize duas referências (livro da disciplina, artigos, dissertações, teses) para embasar seu texto (utilize uma citação direta e outra indireta).

OBSERVAÇÕES:

— Atenção ao enviar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto. O arquivo deve ser enviado UMA ÚNICA VEZ.
— Você não precisa aplicar a brincadeira com uma criança. Você apresentará apenas o planejamento.
— Utilize o formulário padrão disponível no Material da Disciplina.
— Utilize a letra Arial, tamanho 12, com espaçamento 1,5 e alinhamento justificado.
— Utilize as normas da ABNT para escrever seu texto dissertativo. Esteja atento às regras para as citações diretas e indiretas e para as referências (acesse a sala do café para assistir ao vídeo explicativo, de como realizar citações e referências, conforme as normas da ABNT).

 

Parte 4: Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT. Orientações: – Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA. – Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café – Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

 

Parte 3: Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

 

Parte 2: Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula: a) Tema da aula: b)Objetivos: – Objetivo geral: apenas um objetivo geral. – Objetivos específicos: dois a três objetivos. c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 2:

Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula:

 

a) Tema da aula:

b)Objetivos:

– Objetivo geral: apenas um objetivo geral.

– Objetivos específicos: dois a três objetivos.

c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

Agora vamos aos passos para desenvolver o seu MAPA: Parte 1: Confeccione uma Boca Lúdica (gigante) utilizando materiais recicláveis (assista o vídeo de orientação feito pela professora). Nesta etapa você deverá apresentar três fotos: a) Uma foto do processo de confecção da boca lúdica; b) Uma foto da boca lúdica gigante sozinha pronta; c) Uma foto de você segurando a boca lúdica.

 

Agora vamos aos passos para desenvolver o seu MAPA:

 

Parte 1:

Confeccione uma Boca Lúdica (gigante) utilizando materiais recicláveis (assista o vídeo de orientação feito pela professora).

Nesta etapa você deverá apresentar três fotos:

  1. a) Uma foto do processo de confecção da boca lúdica;
  2. b) Uma foto da boca lúdica gigante sozinha pronta;
  3. c) Uma foto de você segurando a boca lúdica.

 

Parte 2:

Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula:

 

  1. a) Tema da aula:

b)Objetivos:

– Objetivo geral: apenas um objetivo geral.

– Objetivos específicos: dois a três objetivos.

  1. c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

Considerando os trechos apresentados acima e os conteúdos abordados na disciplina, analise a situação hipotética a seguir: Você é professor (a) da Educação Infantil V (crianças de cinco anos) em uma escola pública do seu município e deverá elaborar uma aula com o tema Higiene Bucal na Escola. A sua aula deverá mostrar que atitudes e hábitos saudáveis adquiridos na infância, relativos aos dentes, são fundamentais para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida.

Considerando os trechos apresentados acima e os conteúdos abordados na disciplina, analise a situação hipotética a seguir:

 

Você é professor (a) da Educação Infantil V (crianças de cinco anos) em uma escola pública do seu município e deverá elaborar uma aula com o tema Higiene Bucal na Escola. A sua aula deverá mostrar que atitudes e hábitos saudáveis adquiridos na infância, relativos aos dentes, são fundamentais para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida.

 

Agora vamos aos passos para desenvolver o seu MAPA:

 

Parte 1:

Confeccione uma Boca Lúdica (gigante) utilizando materiais recicláveis (assista o vídeo de orientação feito pela professora).

Nesta etapa você deverá apresentar três fotos:

  1. a) Uma foto do processo de confecção da boca lúdica;
  2. b) Uma foto da boca lúdica gigante sozinha pronta;
  3. c) Uma foto de você segurando a boca lúdica.

 

Parte 2:

Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula:

 

  1. a) Tema da aula:

b)Objetivos:

– Objetivo geral: apenas um objetivo geral.

– Objetivos específicos: dois a três objetivos.

  1. c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

“A saúde bucal é indissociável da saúde geral, e está diretamente relacionada com a qualidade de vida do indivíduo. A manutenção da saúde bucal interfere no desenvolvimento físico e psicológico da criança, além de estar relacionada com a sua participação em atividades, incluindo a frequência escolar” (TOKAIRIN, 2020, p.365). TOKAIRIN, A.S.C.P. et al. Avaliação do conhecimento de escolares sobre saúde bucal, dieta e higiene: ferramenta diagnóstica para direcionamento de atividade educativa. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 21, n. 3, p. 365–369, 2020. DOI: 10.17921/2447-8733.2020v21n3p365-369. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/8499. Acesso em: 18 fev. 2024

“A saúde bucal é indissociável da saúde geral, e está diretamente relacionada com a qualidade de vida do indivíduo. A manutenção da saúde bucal interfere no desenvolvimento físico e psicológico da criança, além de estar relacionada com a sua participação em atividades, incluindo a frequência escolar” (TOKAIRIN, 2020, p.365).

TOKAIRIN, A.S.C.P. et al. Avaliação do conhecimento de escolares sobre saúde bucal, dieta e higiene: ferramenta diagnóstica para direcionamento de atividade educativa. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 21, n. 3, p. 365–369, 2020. DOI: 10.17921/2447-8733.2020v21n3p365-369. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/8499. Acesso em: 18 fev. 2024.

Considerando os trechos apresentados acima e os conteúdos abordados na disciplina, analise a situação hipotética a seguir:

 

Você é professor (a) da Educação Infantil V (crianças de cinco anos) em uma escola pública do seu município e deverá elaborar uma aula com o tema Higiene Bucal na Escola. A sua aula deverá mostrar que atitudes e hábitos saudáveis adquiridos na infância, relativos aos dentes, são fundamentais para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida.

 

Agora vamos aos passos para desenvolver o seu MAPA:

 

Parte 1:

Confeccione uma Boca Lúdica (gigante) utilizando materiais recicláveis (assista o vídeo de orientação feito pela professora).

Nesta etapa você deverá apresentar três fotos:

  1. a) Uma foto do processo de confecção da boca lúdica;
  2. b) Uma foto da boca lúdica gigante sozinha pronta;
  3. c) Uma foto de você segurando a boca lúdica.

 

Parte 2:

Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula:

 

  1. a) Tema da aula:

b)Objetivos:

– Objetivo geral: apenas um objetivo geral.

– Objetivos específicos: dois a três objetivos.

  1. c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

“Cuidar da saúde bucal das crianças é uma ação que pode ser desempenhada pelos profissionais da saúde, alinhada com os profissionais da educação e com o apoio da família. O acompanhamento dos hábitos de higiene, o controle de ingestão de açúcares e a alimentação podem melhorar a qualidade de vida dos escolares. Uma das principais doenças bucais, a cárie dentária, é importante fator de risco para o desenvolvimento de outras doenças e, por isso, merece atenção quando se inicia antes do 3º ano de vida da criança” (BRASIL, 2012a). BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento. Departamento de Atenção Básica. Brasília: Ministério da Saúde, 2012a.

MAPA – PED – SAÚDE E EDUCAÇÃO – 51/2024

 

“Cuidar da saúde bucal das crianças é uma ação que pode ser desempenhada pelos profissionais da saúde, alinhada com os profissionais da educação e com o apoio da família. O acompanhamento dos hábitos de higiene, o controle de ingestão de açúcares e a alimentação podem melhorar a qualidade de vida dos escolares. Uma das principais doenças bucais, a cárie dentária, é importante fator de risco para o desenvolvimento de outras doenças e, por isso, merece atenção quando se inicia antes do 3º ano de vida da criança” (BRASIL, 2012a).

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Básica.Saúde da criança: crescimento e desenvolvimento. Departamento de Atenção Básica.

Brasília: Ministério da Saúde, 2012a.

“A saúde bucal é indissociável da saúde geral, e está diretamente relacionada com a qualidade de vida do indivíduo. A manutenção da saúde bucal interfere no desenvolvimento físico e psicológico da criança, além de estar relacionada com a sua participação em atividades, incluindo a frequência escolar” (TOKAIRIN, 2020, p.365).

TOKAIRIN, A.S.C.P. et al. Avaliação do conhecimento de escolares sobre saúde bucal, dieta e higiene: ferramenta diagnóstica para direcionamento de atividade educativa. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, [S. l.], v. 21, n. 3, p. 365–369, 2020. DOI: 10.17921/2447-8733.2020v21n3p365-369. Disponível em: https://revistaensinoeeducacao.pgsscogna.com.br/ensino/article/view/8499. Acesso em: 18 fev. 2024.

Considerando os trechos apresentados acima e os conteúdos abordados na disciplina, analise a situação hipotética a seguir:

 

Você é professor (a) da Educação Infantil V (crianças de cinco anos) em uma escola pública do seu município e deverá elaborar uma aula com o tema Higiene Bucal na Escola. A sua aula deverá mostrar que atitudes e hábitos saudáveis adquiridos na infância, relativos aos dentes, são fundamentais para uma boa saúde oral e de todo o organismo no decorrer da vida.

 

Agora vamos aos passos para desenvolver o seu MAPA:

 

Parte 1:

Confeccione uma Boca Lúdica (gigante) utilizando materiais recicláveis (assista o vídeo de orientação feito pela professora).

Nesta etapa você deverá apresentar três fotos:

  1. a) Uma foto do processo de confecção da boca lúdica;
  2. b) Uma foto da boca lúdica gigante sozinha pronta;
  3. c) Uma foto de você segurando a boca lúdica.

 

Parte 2:

Agora, utilizando a boca lúdica, elabore um plano de aula para a turma da Educação Infantil V. Na elaboração do plano será necessário estabelecer as perspectivas da conscientização da higiene bucal como prática educativa, conscientização e valorização da saúde bucal. Você deverá também propor ações educativas e preventivas para que possam incorporar, em seus hábitos de vida, os cuidados relativos à boca e aos dentes, levando as crianças a entenderem a importância da escovação, como algo divertido e, ao mesmo tempo, algo de responsabilidade individual. Seguem as etapas do seu plano de aula:

 

  1. a) Tema da aula:

b)Objetivos:

– Objetivo geral: apenas um objetivo geral.

– Objetivos específicos: dois a três objetivos.

  1. c) Encaminhamentos metodológicos: descreva o passo a passo das atividades que serão desenvolvidas utilizando a boca lúdica (no mínimo três atividades).

 

Parte 3:

Fechamento – Considerando que as crianças da Educação Infantil apresentam facilidade em incorporar novos hábitos e estão na melhor fase do aprendizado, discorra sobre a importância do profissional da Educação Infantil desenvolver um trabalho contínuo relacionado a educação em saúde bucal.

 

Parte 4:

Referências: apresente as referências utilizadas, siga as normas da ABNT.

 

Orientações:

– Utilize o formulário padrão para o envio do MAPA.

– Assista ao vídeo de orientação sobre essa atividade na Sala do Café

– Em caso de dúvidas entre em contato com sua professora Mediadora.

 

OBSERVAÇÕES: – Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café. ​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo. – Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina. – Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5). – Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado. – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada. – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

OBSERVAÇÕES:

– Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café.

​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo.

– Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina.

– Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5).

– Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.

 – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada.

 – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

 

2ª etapa: Metodologia (como será realizado): elaborar  duas atividades, uma para os professores e uma para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, conforme especificado a seguir: Atividade direcionada aos professores: elaborar um Informativo, com auxílio da ferramenta gratuita do canva.com, com duas páginas. Na primeira deve constar: definição de Bullying e seus tipos (explicar cada um); e na segunda: os tipos de vítimas e suas características, os tipos de agressores e suas características. Use sua criatividade colocando figuras e fotos que possam contribuir para o entendimento do tema. No formulário padrão da atividade Mapa, deverá constar uma foto ou print do informativo elaborado no canva. Não esqueça de inserir no final as referências. Atividade para os alunos do 5º ano: procurar na internet ou em livros uma dinâmica de grupo que trabalhe o respeito à diversidade. No formulário padrão, você deverá colocar o título da dinâmica de grupo, o objetivo, descrevê-la colocando o seu desenvolvimento e os recursos materiais, se necessário. É obrigatório que descreva a atividade com as suas palavras, pois a cópia literal será considerada plágio. ​

2ª etapa:

 

Metodologia (como será realizado): elaborar  duas atividades, uma para os professores e uma para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, conforme especificado a seguir:

 

  1. Atividade direcionada aos professores: elaborar um Informativo, com auxílio da ferramenta gratuita do canva.com, com duas páginas. Na primeira deve constar: definição de Bullying e seus tipos (explicar cada um); e na segunda: os tipos de vítimas e suas características, os tipos de agressores e suas características. Use sua criatividade colocando figuras e fotos que possam contribuir para o entendimento do tema. No formulário padrão da atividade Mapa, deverá constar uma foto ou print do informativo elaborado no canva. Não esqueça de inserir no final as referências.
  2. Atividade para os alunos do 5º ano: procurar na internet ou em livros uma dinâmica de grupo que trabalhe o respeito à diversidade. No formulário padrão, você deverá colocar o título da dinâmica de grupo, o objetivo, descrevê-la colocando o seu desenvolvimento e os recursos materiais, se necessário. É obrigatório que descreva a atividade com as suas palavras, pois a cópia literal será considerada plágio.

OBSERVAÇÕES:

– Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café.

​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo.

– Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina.

– Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5).

– Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.

 – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada.

 – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

1ª etapa: Título do projeto Justificativa (o porquê do projeto) Objetivo geral (o que se quer alcançar ao final do projeto) Objetivos específicos (como fará para alcançar o objetivo geral): um para cada atividade.

1ª etapa:

 

  1. Título do projeto
  2. Justificativa (o porquê do projeto)
  3. Objetivo geral (o que se quer alcançar ao final do projeto)
  4. Objetivos específicos (como fará para alcançar o objetivo geral): um para cada atividade.

 

2ª etapa:

 

Metodologia (como será realizado): elaborar  duas atividades, uma para os professores e uma para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, conforme especificado a seguir:

 

  1. Atividade direcionada aos professores: elaborar um Informativo, com auxílio da ferramenta gratuita do canva.com, com duas páginas. Na primeira deve constar: definição de Bullying e seus tipos (explicar cada um); e na segunda: os tipos de vítimas e suas características, os tipos de agressores e suas características. Use sua criatividade colocando figuras e fotos que possam contribuir para o entendimento do tema. No formulário padrão da atividade Mapa, deverá constar uma foto ou print do informativo elaborado no canva. Não esqueça de inserir no final as referências.
  2. Atividade para os alunos do 5º ano: procurar na internet ou em livros uma dinâmica de grupo que trabalhe o respeito à diversidade. No formulário padrão, você deverá colocar o título da dinâmica de grupo, o objetivo, descrevê-la colocando o seu desenvolvimento e os recursos materiais, se necessário. É obrigatório que descreva a atividade com as suas palavras, pois a cópia literal será considerada plágio.

OBSERVAÇÕES:

– Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café.

​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo.

– Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina.

– Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5).

– Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.

 – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada.

 – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

Assim, a sua atividade MAPA consiste em elaborar um projeto de Combate à intimidação Sistemática (Bullying) que contemple uma atividade que propicie conhecimento aos professores sobre o Bullying, e uma atividade lúdica que trabalhe a diversidade, com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

Assim, a sua atividade MAPA consiste em elaborar um projeto de Combate à intimidação Sistemática (Bullying) que contemple uma atividade que propicie conhecimento aos professores sobre o Bullying, e uma atividade lúdica que trabalhe a diversidade, com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

 

1ª etapa:

 

  1. Título do projeto
  2. Justificativa (o porquê do projeto)
  3. Objetivo geral (o que se quer alcançar ao final do projeto)
  4. Objetivos específicos (como fará para alcançar o objetivo geral): um para cada atividade.

 

2ª etapa:

 

Metodologia (como será realizado): elaborar  duas atividades, uma para os professores e uma para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, conforme especificado a seguir:

 

  1. Atividade direcionada aos professores: elaborar um Informativo, com auxílio da ferramenta gratuita do canva.com, com duas páginas. Na primeira deve constar: definição de Bullying e seus tipos (explicar cada um); e na segunda: os tipos de vítimas e suas características, os tipos de agressores e suas características. Use sua criatividade colocando figuras e fotos que possam contribuir para o entendimento do tema. No formulário padrão da atividade Mapa, deverá constar uma foto ou print do informativo elaborado no canva. Não esqueça de inserir no final as referências.
  2. Atividade para os alunos do 5º ano: procurar na internet ou em livros uma dinâmica de grupo que trabalhe o respeito à diversidade. No formulário padrão, você deverá colocar o título da dinâmica de grupo, o objetivo, descrevê-la colocando o seu desenvolvimento e os recursos materiais, se necessário. É obrigatório que descreva a atividade com as suas palavras, pois a cópia literal será considerada plágio.

OBSERVAÇÕES:

– Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café.

​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo.

– Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina.

– Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5).

– Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.

 – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada.

 – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

Imagine você, pedagogo formado, atuando em uma escola de Ensino Fundamental como coordenador pedagógico, depara-se com a seguinte situação: no momento de intervalo das aulas, inicia-se uma discussão entre alguns professores sobre as dificuldades referentes ao comportamento dos alunos – agressividade, discriminação e desrespeito com a diversidade. Neste contexto, alguns deles afirmaram que o Bullying era algo recorrente na sala de aula. Ouvindo esta conversa, você ficou preocupado com esta situação e resolveu elaborar um projeto de Combate à intimidação Sistemática (Bullying), conforme propõe a Lei nº 13.185/2015. Link da lei: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13185.htm

MAPA – PED – PSICOLOGIA DAS RELAÇÕES HUMANAS – 51/2024

Imagine você, pedagogo formado, atuando em uma escola de Ensino Fundamental como coordenador pedagógico, depara-se com a seguinte situação: no momento de intervalo das aulas, inicia-se uma discussão entre alguns professores sobre as dificuldades referentes ao comportamento dos alunos – agressividade, discriminação e desrespeito com a diversidade. Neste contexto, alguns deles afirmaram que o Bullying era algo recorrente na sala de aula. Ouvindo esta conversa, você ficou preocupado com esta situação e resolveu elaborar um projeto de Combate à intimidação Sistemática (Bullying), conforme propõe a Lei nº 13.185/2015.

 

Link da lei: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13185.htm

 

Assim, a sua atividade MAPA consiste em elaborar um projeto de Combate à intimidação Sistemática (Bullying) que contemple uma atividade que propicie conhecimento aos professores sobre o Bullying, e uma atividade lúdica que trabalhe a diversidade, com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

 

1ª etapa:

 

  1. Título do projeto
  2. Justificativa (o porquê do projeto)
  3. Objetivo geral (o que se quer alcançar ao final do projeto)
  4. Objetivos específicos (como fará para alcançar o objetivo geral): um para cada atividade.

 

2ª etapa:

 

Metodologia (como será realizado): elaborar  duas atividades, uma para os professores e uma para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, conforme especificado a seguir:

 

  1. Atividade direcionada aos professores: elaborar um Informativo, com auxílio da ferramenta gratuita do canva.com, com duas páginas. Na primeira deve constar: definição de Bullying e seus tipos (explicar cada um); e na segunda: os tipos de vítimas e suas características, os tipos de agressores e suas características. Use sua criatividade colocando figuras e fotos que possam contribuir para o entendimento do tema. No formulário padrão da atividade Mapa, deverá constar uma foto ou print do informativo elaborado no canva. Não esqueça de inserir no final as referências.
  2. Atividade para os alunos do 5º ano: procurar na internet ou em livros uma dinâmica de grupo que trabalhe o respeito à diversidade. No formulário padrão, você deverá colocar o título da dinâmica de grupo, o objetivo, descrevê-la colocando o seu desenvolvimento e os recursos materiais, se necessário. É obrigatório que descreva a atividade com as suas palavras, pois a cópia literal será considerada plágio.

OBSERVAÇÕES:

– Assista ao vídeo explicativo da professora Raquel Garcia, disponível na Sala do Café.

​- Não é necessário aplicar a dinâmica de grupo.

– Realize a sua Atividade MAPA no Formulário Padrão em formato Word, que está disponível para download na pasta Material da Disciplina.

– Formatar a atividade de acordo com as normas da ABNT (citações, referências, fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, sem negrito, espaçamento entre linhas 1,5).

– Para anexar o arquivo na atividade, clique sobre o botão “Selecionar arquivo”. Após anexar o trabalho e certificar-se de que se trata do arquivo correto, clique no botão “Responder” e, posteriormente, em “Finalizar”. Após “Finalizar a atividade”, não será possível reenviá-la ou realizar qualquer modificação no arquivo enviado.

 – Em caso de cópia literal, sem as devidas referências, a atividade será zerada.

 – Caso tenha dúvidas, entre em contato com sua professora mediadora pela ferramenta “Fale com o Mediador”.

 

ORIENTAÇÕES Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização: – Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina). – Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café. – Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas. – Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio. – Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração. – O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo. – A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea. – O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega. – Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente. Bom trabalho!

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir: Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir: a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente? b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações? c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital

Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir:

 

Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir:

  1. a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente?
  2. b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações?
  3. c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

Essa citação evidencia um ponto crítico na educação contemporânea: a necessidade de formação e adaptação dos professores às novas realidades tecnológicas. A pandemia de COVID-19 acelerou esse processo, expondo lacunas na preparação dos docentes para o uso eficaz de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas. A integração de plataformas como o Book Creator e o Canva no ensino é um exemplo de como a tecnologia pode não apenas auxiliar na superação desses desafios, mas também enriquecer a experiência educacional.

Essa citação evidencia um ponto crítico na educação contemporânea: a necessidade de formação e adaptação dos professores às novas realidades tecnológicas. A pandemia de COVID-19 acelerou esse processo, expondo lacunas na preparação dos docentes para o uso eficaz de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas. A integração de plataformas como o Book Creator e o Canva no ensino é um exemplo de como a tecnologia pode não apenas auxiliar na superação desses desafios, mas também enriquecer a experiência educacional.

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital

Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir:

 

Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir:

  1. a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente?
  2. b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações?
  3. c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

No capítulo Plataformas Digitais e o Ensino de Literatura: Book Creator na Releitura de Clássicos, de Carla Maria do Carmo Ravaneda de Antonio e Raul Greco Júnior, a discussão se aprofunda na interseção entre tecnologia e educação, especialmente diante dos desafios impostos pela necessidade de adaptação ao ensino remoto. Essa transição repentina para o ensino virtual, como destacado pelos autores, trouxe consigo desafios significativos. Muitos educadores, acostumados ao modelo presencial de ensino, foram obrigados a se adaptarem rapidamente a um ambiente digital desconhecido.

 

No capítulo Plataformas Digitais e o Ensino de Literatura: Book Creator na Releitura de Clássicos, de Carla Maria do Carmo Ravaneda de Antonio e Raul Greco Júnior, a discussão se aprofunda na interseção entre tecnologia e educação, especialmente diante dos desafios impostos pela necessidade de adaptação ao ensino remoto. Essa transição repentina para o ensino virtual, como destacado pelos autores, trouxe consigo desafios significativos. Muitos educadores, acostumados ao modelo presencial de ensino, foram obrigados a se adaptarem rapidamente a um ambiente digital desconhecido.

Essa citação evidencia um ponto crítico na educação contemporânea: a necessidade de formação e adaptação dos professores às novas realidades tecnológicas. A pandemia de COVID-19 acelerou esse processo, expondo lacunas na preparação dos docentes para o uso eficaz de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas. A integração de plataformas como o Book Creator e o Canva no ensino é um exemplo de como a tecnologia pode não apenas auxiliar na superação desses desafios, mas também enriquecer a experiência educacional.

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital

Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir:

 

Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir:

  1. a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente?
  2. b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações?
  3. c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

“Um dos problemas enfrentados por docentes de todo país foi a falta de preparo para lidar com o ensino remoto, síncrono ou assíncrono, palavras que até então não faziam parte do vocabulário desses profissionais. Do dia para a noite, muitos professores se viram diante de um grande desafio: o de continuar levando conhecimento através de ambientes virtuais”. Fonte: https://voxlittera.com.br/formacao-docente-digital/. Acesso em: 8 dez. 2023.

 

“Um dos problemas enfrentados por docentes de todo país foi a falta de preparo para lidar com o ensino remoto, síncrono ou assíncrono, palavras que até então não faziam parte do vocabulário desses profissionais. Do dia para a noite, muitos professores se viram diante de um grande desafio: o de continuar levando conhecimento através de ambientes virtuais”.

Fonte: https://voxlittera.com.br/formacao-docente-digital/. Acesso em: 8 dez. 2023.

 

No capítulo Plataformas Digitais e o Ensino de Literatura: Book Creator na Releitura de Clássicos, de Carla Maria do Carmo Ravaneda de Antonio e Raul Greco Júnior, a discussão se aprofunda na interseção entre tecnologia e educação, especialmente diante dos desafios impostos pela necessidade de adaptação ao ensino remoto. Essa transição repentina para o ensino virtual, como destacado pelos autores, trouxe consigo desafios significativos. Muitos educadores, acostumados ao modelo presencial de ensino, foram obrigados a se adaptarem rapidamente a um ambiente digital desconhecido.

Essa citação evidencia um ponto crítico na educação contemporânea: a necessidade de formação e adaptação dos professores às novas realidades tecnológicas. A pandemia de COVID-19 acelerou esse processo, expondo lacunas na preparação dos docentes para o uso eficaz de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas. A integração de plataformas como o Book Creator e o Canva no ensino é um exemplo de como a tecnologia pode não apenas auxiliar na superação desses desafios, mas também enriquecer a experiência educacional.

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital

Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir:

 

Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir:

  1. a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente?
  2. b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações?
  3. c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

As plataformas digitais, como o Book Creator e o Canva, abrem novas possibilidades para o ensino de todas as disciplinas, permitindo uma abordagem mais interativa e envolvente. A tecnologia digital, quando integrada ao currículo, pode transformar a maneira como os conteúdos são ensinados e percebidos pelos alunos. Ela oferece uma oportunidade para que os estudantes não apenas consumam conteúdo, mas também se tornem criadores.

MAPA – PRÁTICA PEDAGÓGICA: SABERES DIGITAIS – 51/2024

As plataformas digitais, como o Book Creator e o Canva, abrem novas possibilidades para o ensino de todas as disciplinas, permitindo uma abordagem mais interativa e envolvente. A tecnologia digital, quando integrada ao currículo, pode transformar a maneira como os conteúdos são ensinados e percebidos pelos alunos. Ela oferece uma oportunidade para que os estudantes não apenas consumam conteúdo, mas também se tornem criadores.

 

“Um dos problemas enfrentados por docentes de todo país foi a falta de preparo para lidar com o ensino remoto, síncrono ou assíncrono, palavras que até então não faziam parte do vocabulário desses profissionais. Do dia para a noite, muitos professores se viram diante de um grande desafio: o de continuar levando conhecimento através de ambientes virtuais”.

Fonte: https://voxlittera.com.br/formacao-docente-digital/. Acesso em: 8 dez. 2023.

 

No capítulo Plataformas Digitais e o Ensino de Literatura: Book Creator na Releitura de Clássicos, de Carla Maria do Carmo Ravaneda de Antonio e Raul Greco Júnior, a discussão se aprofunda na interseção entre tecnologia e educação, especialmente diante dos desafios impostos pela necessidade de adaptação ao ensino remoto. Essa transição repentina para o ensino virtual, como destacado pelos autores, trouxe consigo desafios significativos. Muitos educadores, acostumados ao modelo presencial de ensino, foram obrigados a se adaptarem rapidamente a um ambiente digital desconhecido.

Essa citação evidencia um ponto crítico na educação contemporânea: a necessidade de formação e adaptação dos professores às novas realidades tecnológicas. A pandemia de COVID-19 acelerou esse processo, expondo lacunas na preparação dos docentes para o uso eficaz de ferramentas digitais em suas práticas pedagógicas. A integração de plataformas como o Book Creator e o Canva no ensino é um exemplo de como a tecnologia pode não apenas auxiliar na superação desses desafios, mas também enriquecer a experiência educacional.

 

Desenvolvimento de um Projeto Educacional Utilizando Tecnologia Digital

Para a elaboração desse projeto educacional, você deve realizar as três etapas indicadas a seguir:

 

Etapa 1: produzir um texto dissertativo, contendo de 10 a 20 linhas, sobre as questões a seguir:

  1. a) Como você pode utilizar plataformas digitais, como o Canva e o Book Creator, para superar desafios do ensino remoto e promover uma aprendizagem mais interativa e envolvente?
  2. b) De que maneira a tecnologia pode ser empregada para que os alunos não apenas consumam conteúdos, mas também criem e compartilhem suas próprias interpretações?
  3. c) Considerando as limitações e possibilidades do ensino remoto, quais estratégias você adotaria para apresentar e discutir os trabalhos criados pelos alunos, promovendo um ambiente de feedback construtivo e aprendizado colaborativo?

 

Etapa 2: como futuro professor, você deve escolher um (01) conteúdo da sua disciplina de formação e produzir um e-book utilizando uma ferramenta digital (sugestão: Canva ou Book Creator), destinado aos alunos da educação básica, contendo de 8 a 12 páginas.

 

Etapa 3: você deverá realizar uma apresentação do e-book desenvolvido com um grupo de, pelo menos, três pessoas. Esse grupo pode incluir estudantes reais, funcionários do polo ou membros da sua família. Como parte desse processo, é essencial comprovar a aplicação da atividade por meio de fotografias ou prints de telas; enfim, registros que evidenciam a interação das pessoas com o seu recurso. Por fim, esse projeto deve ser entregue em uma escola ou no seu polo.

ORIENTAÇÕES

Para sua maior facilidade na execução dessa atividade, a seguir, apresentamos mais detalhes sobre a sua realização:

 

– Desenvolva o seu trabalho nos Templates disponibilizados no Material da disciplina (um para entrega na escola e outro no campo do MAPA no ambiente da disciplina).

– Assista ao vídeo explicativo disponível na Sala do Café.

– Siga atentamente às orientações descritas, desenvolvendo em seu trabalho todas as etapas elencadas.

– Para auxiliar no desenvolvimento da atividade, faça o uso do material de apoio.

– Realize uma cuidadosa correção ortográfica antes de enviá-lo, pois não será possível a alteração.

– O formato do arquivo deve ser “texto” (.doc ou .docx), sendo permitido o envio de um único arquivo.

– A produção do e-book é obrigatória, pois é uma boa oportunidade para você se aventurar na produção de recursos pedagógicos digitais, que são essenciais para a prática pedagógica na sociedade contemporânea.

– O projeto educacional deve ser enviado para uma escola ou em seu polo, com a assinatura do termo de entrega e a aplicação de pelo menos três pessoas. Você também deve realizar o envio no ambiente na atividade MAPA em um template específico com os anexos que comprovem a entrega.

– Aproveite esse momento para usar sua criatividade, demonstrar suas habilidades e seu conhecimento e, principalmente, para treinar para a sua prática docente.

 

Bom trabalho!

 

 

ATENÇÃO! – Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA. – Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado. – Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR. – Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

 

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir: Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas. É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT. Boa atividade!

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir:

 

  1. Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade.
  2. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari.
  3. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico.
  4. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem.
  5. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

 

É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT.

Boa atividade!

 

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

Nossa Educação possui muitas lacunas que precisam ser preenchidas para atingir a qualidade que cada cidadão merece, afinal, apenas ter a oferta de vagas não é suficiente para se cumprir o dever do Estado para com este direito de todos, ou seja, é preciso ter oferta de qualidade do ensino, também. Apesar de as discussões sobre as melhorias serem necessárias, precisamos (re)conhecer os pontos positivos que nossa educação escolar já possui, para não ficarmos com a falsa sensação de que ela nunca melhora. Por isso, o domínio da história e das políticas da década de 1990 até a atualidade são necessárias.

Nossa Educação possui muitas lacunas que precisam ser preenchidas para atingir a qualidade que cada cidadão merece, afinal, apenas ter a oferta de vagas não é suficiente para se cumprir o dever do Estado para com este direito de todos, ou seja, é preciso ter oferta de qualidade do ensino, também. Apesar de as discussões sobre as melhorias serem necessárias, precisamos (re)conhecer os pontos positivos que nossa educação escolar já possui, para não ficarmos com a falsa sensação de que ela nunca melhora. Por isso, o domínio da história e das políticas da década de 1990 até a atualidade são necessárias.

 

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir:

 

  1. Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade.
  2. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari.
  3. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico.
  4. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem.
  5. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

 

É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT.

Boa atividade!

 

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

Foi com base na Constituição de 1988 que o Brasil iniciou a Reforma do Estado, agora, democrático de direitos. Dessa forma, é a nossa CF/88 o marco inicial das atuais políticas educacionais brasileiras. Obedecendo essa Carta Magna que garante “a educação como direito de todos e dever do Estado”, vieram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDBEN), os Planos Nacionais de Educação (PNE) e muitas outras. Convido você a experienciar a leitura das maiores legislações vigentes da Educação e seu percurso histórico desde a década de 1990. Após esse aprofundamento nas atuais políticas educacionais, reflita sobre quais foram as conquistas que tivemos para a educação escolar em nosso país.

 

Foi com base na Constituição de 1988 que o Brasil iniciou a Reforma do Estado, agora, democrático de direitos. Dessa forma, é a nossa CF/88 o marco inicial das atuais políticas educacionais brasileiras. Obedecendo essa Carta Magna que garante “a educação como direito de todos e dever do Estado”, vieram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDBEN), os Planos Nacionais de Educação (PNE) e muitas outras. Convido você a experienciar a leitura das maiores legislações vigentes da Educação e seu percurso histórico desde a década de 1990. Após esse aprofundamento nas atuais políticas educacionais, reflita sobre quais foram as conquistas que tivemos para a educação escolar em nosso país.

 

Nossa Educação possui muitas lacunas que precisam ser preenchidas para atingir a qualidade que cada cidadão merece, afinal, apenas ter a oferta de vagas não é suficiente para se cumprir o dever do Estado para com este direito de todos, ou seja, é preciso ter oferta de qualidade do ensino, também. Apesar de as discussões sobre as melhorias serem necessárias, precisamos (re)conhecer os pontos positivos que nossa educação escolar já possui, para não ficarmos com a falsa sensação de que ela nunca melhora. Por isso, o domínio da história e das políticas da década de 1990 até a atualidade são necessárias.

 

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir:

 

  1. Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade.
  2. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari.
  3. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico.
  4. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem.
  5. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

 

É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT.

Boa atividade!

 

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

Fazendo um recorte dessa longa jornada, citamos, a fim de contextualização, o final do Regime Militar no Brasil. A década era de 1980 e a Educação passou por uma intensa crise de qualidade, evasão e repetência de alunos. Em 1985 o militarismo deixava de vez o comando do país e José Sarney assumia o governo. As escolas se tornaram instituições assistencialistas e deixaram o caráter científico em segundo plano (Figueiredo, 2001). Foi nessa conjuntura que o então presidente liderou as políticas que culminaram na criação da Constituição Federal (CF) de 1988, que está em vigor até hoje, com atualizações sempre que necessárias. Fonte: FIGUEIREDO, I. M. Z. Políticas educacionais do Estado do Paraná nas décadas de 80 e 90: da prioridade à “Centralidade da Educação Básica”. São Paulo: Unicamp, 2001.

Fazendo um recorte dessa longa jornada, citamos, a fim de contextualização, o final do Regime Militar no Brasil. A década era de 1980 e a Educação passou por uma intensa crise de qualidade, evasão e repetência de alunos. Em 1985 o militarismo deixava de vez o comando do país e José Sarney assumia o governo. As escolas se tornaram instituições assistencialistas e deixaram o caráter científico em segundo plano (Figueiredo, 2001). Foi nessa conjuntura que o então presidente liderou as políticas que culminaram na criação da Constituição Federal (CF) de 1988, que está em vigor até hoje, com atualizações sempre que necessárias.

 

Fonte: FIGUEIREDO, I. M. Z. Políticas educacionais do Estado do Paraná nas décadas de 80 e 90: da prioridade à “Centralidade da Educação Básica”. São Paulo: Unicamp, 2001.

 

Foi com base na Constituição de 1988 que o Brasil iniciou a Reforma do Estado, agora, democrático de direitos. Dessa forma, é a nossa CF/88 o marco inicial das atuais políticas educacionais brasileiras. Obedecendo essa Carta Magna que garante “a educação como direito de todos e dever do Estado”, vieram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDBEN), os Planos Nacionais de Educação (PNE) e muitas outras. Convido você a experienciar a leitura das maiores legislações vigentes da Educação e seu percurso histórico desde a década de 1990. Após esse aprofundamento nas atuais políticas educacionais, reflita sobre quais foram as conquistas que tivemos para a educação escolar em nosso país.

 

Nossa Educação possui muitas lacunas que precisam ser preenchidas para atingir a qualidade que cada cidadão merece, afinal, apenas ter a oferta de vagas não é suficiente para se cumprir o dever do Estado para com este direito de todos, ou seja, é preciso ter oferta de qualidade do ensino, também. Apesar de as discussões sobre as melhorias serem necessárias, precisamos (re)conhecer os pontos positivos que nossa educação escolar já possui, para não ficarmos com a falsa sensação de que ela nunca melhora. Por isso, o domínio da história e das políticas da década de 1990 até a atualidade são necessárias.

 

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir:

 

  1. Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade.
  2. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari.
  3. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico.
  4. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem.
  5. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

 

É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT.

Boa atividade!

 

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

A história política da Educação é extensa e cheia de detalhes importantes, que precisamos conhecer para compreender os pontos positivos e negativos que temos na educação escolar de hoje. Considerando as políticas atuais, você sabe qual foi o marco inicial em nosso país para a elaboração das leis, decretos e portarias que estão em vigência na Educação?

MAPA – POLÍTICAS EDUCACIONAIS E ORGANIZAÇÃO DA EDUCAÇÃO BÁSICA – 51/2024

 

A história política da Educação é extensa e cheia de detalhes importantes, que precisamos conhecer para compreender os pontos positivos e negativos que temos na educação escolar de hoje. Considerando as políticas atuais, você sabe qual foi o marco inicial em nosso país para a elaboração das leis, decretos e portarias que estão em vigência na Educação?

 

Fazendo um recorte dessa longa jornada, citamos, a fim de contextualização, o final do Regime Militar no Brasil. A década era de 1980 e a Educação passou por uma intensa crise de qualidade, evasão e repetência de alunos. Em 1985 o militarismo deixava de vez o comando do país e José Sarney assumia o governo. As escolas se tornaram instituições assistencialistas e deixaram o caráter científico em segundo plano (Figueiredo, 2001). Foi nessa conjuntura que o então presidente liderou as políticas que culminaram na criação da Constituição Federal (CF) de 1988, que está em vigor até hoje, com atualizações sempre que necessárias.

 

Fonte: FIGUEIREDO, I. M. Z. Políticas educacionais do Estado do Paraná nas décadas de 80 e 90: da prioridade à “Centralidade da Educação Básica”. São Paulo: Unicamp, 2001.

 

Foi com base na Constituição de 1988 que o Brasil iniciou a Reforma do Estado, agora, democrático de direitos. Dessa forma, é a nossa CF/88 o marco inicial das atuais políticas educacionais brasileiras. Obedecendo essa Carta Magna que garante “a educação como direito de todos e dever do Estado”, vieram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (LDBEN), os Planos Nacionais de Educação (PNE) e muitas outras. Convido você a experienciar a leitura das maiores legislações vigentes da Educação e seu percurso histórico desde a década de 1990. Após esse aprofundamento nas atuais políticas educacionais, reflita sobre quais foram as conquistas que tivemos para a educação escolar em nosso país.

 

Nossa Educação possui muitas lacunas que precisam ser preenchidas para atingir a qualidade que cada cidadão merece, afinal, apenas ter a oferta de vagas não é suficiente para se cumprir o dever do Estado para com este direito de todos, ou seja, é preciso ter oferta de qualidade do ensino, também. Apesar de as discussões sobre as melhorias serem necessárias, precisamos (re)conhecer os pontos positivos que nossa educação escolar já possui, para não ficarmos com a falsa sensação de que ela nunca melhora. Por isso, o domínio da história e das políticas da década de 1990 até a atualidade são necessárias.

 

Considerando o exposto, para esta atividade, você deverá pensar de forma crítica sobre as conquistas que tivemos no campo da Educação e expressar sua visão de forma criativa. Por isso, sua ação nessa atividade consiste em criar uma releitura de uma grande obra de arte, inserindo-a dentro do contexto da Educação no Brasil, a fim de retratar uma das grandes conquistas que tivemos a partir das políticas da década de 1990, considerando a maior legislação específica da educação institucional: LDBEN, Lei nº 9.394, de 1996. Para tanto, siga os passos a seguir:

 

  1. Leia atentamente a Lei nº 9.394/96 e selecione o direito que deseja retratar em sua atividade.
  2. Escolha a obra de arte com a qual fará a releitura: a) A criação de Adão, de Michelangelo; ou b) O lavrador de café, de Candido Portinari.
  3. A releitura pode ser realizada a partir do uso de uma ou da combinação das duas técnicas a seguir: a) Recorte, montagem e colagem de imagens; e/ou b) Edição de imagens com recurso tecnológico.
  4. A partir das escolhas apresentadas, você fará a releitura pensando nas obras dentro de um contexto que retrate a educação escolar brasileira, ilustrando uma conquista que você identifique na legislação escolhida para análise. A releitura deverá constar no formulário padrão, no campo destinado à imagem.
  5. Por fim, você deverá informar brevemente as escolhas realizadas (obra e técnica(s)) e explicar sobre a sua releitura, ou seja, como foi o processo de criação da imagem, qual ideia de educação escolar ela passa e com base em qual direito da lei analisada. Justifique o motivo de você considerar uma conquista importante. Mínimo de 15 e máximo de 20 linhas.

 

É importante inserir ao final a(s) referência(s) utilizada(s) – legislação e autores, se houver – conforme a ABNT.

Boa atividade!

 

ATENÇÃO!

– Todos os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão, disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto, e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências e informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

 

Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens: 1.Título/tema; 2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…); 3. Turma/série que aplicará o projeto; 4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras); 5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto); 6. Um objetivo geral; 7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti; 8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto; 9. Cronograma – Opcional; 10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT). Bom trabalho.

Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

 

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.
Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

 

Elabore um projeto de ensino cuja proposta seja o trabalho com a literatura e a formação do leitor. Considere todo o conteúdo trabalhado na disciplina como forma de ampliar sua pesquisa e fundamentar seu trabalho. Seja criativo(a), pesquise sobre varais literários, maleta viajante, feirinha do livro, aluno/autor, enfim….são inúmeras as possibilidades de se trabalhar de forma prática e colocando toda a teoria aprendida em ação.

Elabore um projeto de ensino cuja proposta seja o trabalho com a literatura e a formação do leitor. Considere todo o conteúdo trabalhado na disciplina como forma de ampliar sua pesquisa e fundamentar seu trabalho. Seja criativo(a), pesquise sobre varais literários, maleta viajante, feirinha do livro, aluno/autor, enfim….são inúmeras as possibilidades de se trabalhar de forma prática e colocando toda a teoria aprendida em ação.

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.
Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

Considerando as metodologias ativas de ensino que propõe a atividade prática como ferramenta, agora é a sua vez de seguir o material disponível na pasta de material da disciplina e elaborar seu próprio projeto de ensino (utilizar o formulário padrão). Utilize a BNCC – Base Nacional Comum Curricular para elencar os principais aspectos na formação do leitor na educação infantil.

Considerando as metodologias ativas de ensino que propõe a atividade prática como ferramenta, agora é a sua vez de seguir o material disponível na pasta de material da disciplina e elaborar seu próprio projeto de ensino (utilizar o formulário padrão). Utilize a BNCC – Base Nacional Comum Curricular para elencar os principais aspectos na formação do leitor na educação infantil.

Elabore um projeto de ensino cuja proposta seja o trabalho com a literatura e a formação do leitor. Considere todo o conteúdo trabalhado na disciplina como forma de ampliar sua pesquisa e fundamentar seu trabalho. Seja criativo(a), pesquise sobre varais literários, maleta viajante, feirinha do livro, aluno/autor, enfim….são inúmeras as possibilidades de se trabalhar de forma prática e colocando toda a teoria aprendida em ação.

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.
Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

É fundamental que, ao pensar um projeto, o docente tenha em mente quais são as habilidades e competências que se busca ao pensar um ensino baseado em projetos e que requer conhecimento dentro do cenário educacional atual como: Aprendizagem baseada em projetos, ou Project Based Learning (PBL).Um projeto de ensino, como o próprio nome já diz, é um proposta de atividade onde o proponente elabora um roteiro de trabalho com vistas a trabalhar conteúdos com foco na formação do seu aluno. Disponível em: https://metodoativas.blogspot.com/

 

 É fundamental que, ao pensar um projeto, o docente tenha em mente quais são as habilidades e competências que se busca ao pensar um ensino baseado em projetos e que requer conhecimento dentro do cenário educacional atual como:

Aprendizagem baseada em projetos, ou Project Based Learning (PBL).Um projeto de ensino, como o próprio nome já diz, é um proposta de atividade onde o proponente elabora um roteiro de trabalho com vistas a trabalhar conteúdos com foco na formação do seu aluno.



Disponível em: https://metodoativas.blogspot.com/

Considerando as metodologias ativas de ensino que propõe a atividade prática como ferramenta, agora é a sua vez de seguir o material disponível na pasta de material da disciplina e elaborar seu próprio projeto de ensino (utilizar o formulário padrão). Utilize a BNCC – Base Nacional Comum Curricular para elencar os principais aspectos na formação do leitor na educação infantil.

Elabore um projeto de ensino cuja proposta seja o trabalho com a literatura e a formação do leitor. Considere todo o conteúdo trabalhado na disciplina como forma de ampliar sua pesquisa e fundamentar seu trabalho. Seja criativo(a), pesquise sobre varais literários, maleta viajante, feirinha do livro, aluno/autor, enfim….são inúmeras as possibilidades de se trabalhar de forma prática e colocando toda a teoria aprendida em ação.

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.
Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

Olá, aluno(a)! Para a atividade MAPA da disciplina de Metodologia da Língua Portuguesa a proposta é a elaboração de um Projeto de Ensino que considere aspectos relevantes no trabalho com a língua portuguesa. Mas, você sabe em que consiste um projeto de ensino?

MAPA – PED – METODOLOGIA DA LÍNGUA PORTUGUESA – 51/2024

Olá, aluno(a)!

Para a atividade MAPA da disciplina de Metodologia da Língua Portuguesa a proposta é a elaboração de um Projeto de Ensino que considere aspectos relevantes no trabalho com a língua portuguesa. Mas, você sabe em que consiste um projeto de ensino?

 

 É fundamental que, ao pensar um projeto, o docente tenha em mente quais são as habilidades e competências que se busca ao pensar um ensino baseado em projetos e que requer conhecimento dentro do cenário educacional atual como:

Aprendizagem baseada em projetos, ou Project Based Learning (PBL).Um projeto de ensino, como o próprio nome já diz, é um proposta de atividade onde o proponente elabora um roteiro de trabalho com vistas a trabalhar conteúdos com foco na formação do seu aluno.



Disponível em: https://metodoativas.blogspot.com/

Considerando as metodologias ativas de ensino que propõe a atividade prática como ferramenta, agora é a sua vez de seguir o material disponível na pasta de material da disciplina e elaborar seu próprio projeto de ensino (utilizar o formulário padrão). Utilize a BNCC – Base Nacional Comum Curricular para elencar os principais aspectos na formação do leitor na educação infantil.

Elabore um projeto de ensino cuja proposta seja o trabalho com a literatura e a formação do leitor. Considere todo o conteúdo trabalhado na disciplina como forma de ampliar sua pesquisa e fundamentar seu trabalho. Seja criativo(a), pesquise sobre varais literários, maleta viajante, feirinha do livro, aluno/autor, enfim….são inúmeras as possibilidades de se trabalhar de forma prática e colocando toda a teoria aprendida em ação.

Para tanto, se coloque na posição de um regente de sala, que terá que trabalhar determinado conteúdo dentro de um período letivo dos anos iniciais do Ensino Fundamental (1º ao 5º ano). Traga ilustração, faça proposta de atividades de Língua Portuguesa ou outra disciplina considerando a importância de uma prática pedagógica que considera a língua, a leitura, a escrita, os gêneros textuais e a formação humana e social dos nossos alunos.
Mas, o que compõem um Projeto de Ensino? Vamos lá!! No seu projeto de ensino você irá apresentar os seguintes itens:

1.Título/tema;
2. Recurso (tipo do texto que utilizará: história narrativa, notícia, jornal, poesia, imagem…);
3. Turma/série que aplicará o projeto;
4. Palavras-chave (pelo menos 3 palavras);
5. Justificativa (neste item você deve descrever a importância, relevância deste projeto);
6. Um objetivo geral;
7. Três objetivos específicos: ressalto que os objetivos devem ser iniciados por um verbo no infiniti;
8. Metodologia: a metodologia em um projeto de ensino é a parte onde o proponente (você, acadêmico de PED), irá descrever tudo o que será feito, como será feito e desenvolvido o projeto. Para tanto, descreva a forma como você irá aplicar o que foi proposto nos objetivos gerais e específicos. Apresentar as atividades prescritas, ou seja, as atividades que serão desenvolvidas pelos alunos no projeto. É a descrição do passo a passo de como será desenvolvido o seu projeto;
9. Cronograma – Opcional;
10. Referências – (pelo menos duas referências de acordo com as normas ABNT).

Bom trabalho.

 

ORIENTAÇÕES: – Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA. – Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado. – Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado. – Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR. – Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

 

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título. Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título.

Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

 

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

2ª. ETAPA: Após criar o jogo manualmente, você deve registrar no Formulário: 1ª. Dentro do Formulário, no local indicado, colocar as perguntas, alternativas, resposta correta e explicação da resposta no formulário; 2ª. Tirar duas fotos: uma confeccionando o jogo e outra do jogo pronto. Inserir as duas fotos dentro do formulário no espaço correspondente. As fotos não podem ser uma cópia da internet.

 

2ª. ETAPA: Após criar o jogo manualmente, você deve registrar no Formulário:

1ª. Dentro do Formulário, no local indicado, colocar as perguntas, alternativas, resposta correta e explicação da resposta no formulário;

2ª. Tirar duas fotos: uma confeccionando o jogo e outra do jogo pronto. Inserir as duas fotos dentro do formulário no espaço correspondente. As fotos não podem ser uma cópia da internet.

 

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título.

Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

 

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

 

1ª. ETAPA: Crie um jogo manualmente (utilize cartolinas, sulfite, papelão, etc.), que explore a diferença existente nas palavras entre o número de grafemas e fonemas. Use como base um jogo de quiz (perguntas e respostas), onde deve haver, no mínimo, 10 cartas com perguntas, as opções de resposta e a alternativa correta. Siga as regras do jogo: ganha quem responder corretamente a maior quantidade de cartas.

1ª. ETAPA: Crie um jogo manualmente (utilize cartolinas, sulfite, papelão, etc.), que explore a diferença existente nas palavras entre o número de grafemas e fonemas. Use como base um jogo de quiz (perguntas e respostas), onde deve haver, no mínimo, 10 cartas com perguntas, as opções de resposta e a alternativa correta. Siga as regras do jogo: ganha quem responder corretamente a maior quantidade de cartas.

 

2ª. ETAPA: Após criar o jogo manualmente, você deve registrar no Formulário:

1ª. Dentro do Formulário, no local indicado, colocar as perguntas, alternativas, resposta correta e explicação da resposta no formulário;

2ª. Tirar duas fotos: uma confeccionando o jogo e outra do jogo pronto. Inserir as duas fotos dentro do formulário no espaço correspondente. As fotos não podem ser uma cópia da internet.

 

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título.

Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

 

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

Agora que compreendeu a diferença conceitual sobre os termos técnicos e refletindo sobre esse tema, leia as orientações a seguir para a realização da atividade MAPA, a qual será feita em três etapas. Imagine-se como professor(a) de uma turma do 2º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais. você trabalhará com os alunos a diferença entre Grafemas e Fonemas. Para isso, utilizará como recurso um jogo elaborado por você. Vamos lá!

 

Agora que compreendeu a diferença conceitual sobre os termos técnicos e refletindo sobre esse tema, leia as orientações a seguir para a realização da atividade MAPA, a qual será feita em três etapas.

 

Imagine-se como professor(a) de uma turma do 2º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais. você trabalhará com os alunos a diferença entre Grafemas e Fonemas. Para isso, utilizará como recurso um jogo elaborado por você. Vamos lá!

 

1ª. ETAPA: Crie um jogo manualmente (utilize cartolinas, sulfite, papelão, etc.), que explore a diferença existente nas palavras entre o número de grafemas e fonemas. Use como base um jogo de quiz (perguntas e respostas), onde deve haver, no mínimo, 10 cartas com perguntas, as opções de resposta e a alternativa correta. Siga as regras do jogo: ganha quem responder corretamente a maior quantidade de cartas.

 

2ª. ETAPA: Após criar o jogo manualmente, você deve registrar no Formulário:

1ª. Dentro do Formulário, no local indicado, colocar as perguntas, alternativas, resposta correta e explicação da resposta no formulário;

2ª. Tirar duas fotos: uma confeccionando o jogo e outra do jogo pronto. Inserir as duas fotos dentro do formulário no espaço correspondente. As fotos não podem ser uma cópia da internet.

 

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título.

Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

 

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

Por que é difícil o processo de alfabetização e letramento? As respostas podem ser variadas e distintas, mas há uma certeza: a compreensão da língua em uso requer mais do que o conhecimento gramatical e isso impacta nos processos de ensino, vamos ver isso? Você sabe a diferença entre grafema e fonema? Não? Entre e leia as definições nesse glossário de especialidade: Grafema: Disponível em: https://www.ceale.fae.ufmg.br/glossarioceale/verbetes/grafema. Acesso em 12 fev de 2024. Fonema: Disponível em: https://www.ceale.fae.ufmg.br/glossarioceale/verbetes/fonema. Acesso em 12 fev de 2024.

MAPA – PED – LÍNGUA PORTUGUESA: LEITURA E PRODUÇÃO DE TEXTO – 51/2024

Por que é difícil o processo de alfabetização e letramento?

As respostas podem ser variadas e distintas, mas há uma certeza: a compreensão da língua em uso requer mais do que o conhecimento gramatical e isso impacta nos processos de ensino, vamos ver isso? Você sabe a diferença entre grafema e fonema? Não? Entre e leia as definições nesse glossário de especialidade:

Grafema:

Disponível em: https://www.ceale.fae.ufmg.br/glossarioceale/verbetes/grafema. Acesso em 12 fev de 2024.

Fonema:

Disponível em: https://www.ceale.fae.ufmg.br/glossarioceale/verbetes/fonema. Acesso em 12 fev de 2024.

 

Agora que compreendeu a diferença conceitual sobre os termos técnicos e refletindo sobre esse tema, leia as orientações a seguir para a realização da atividade MAPA, a qual será feita em três etapas.

 

Imagine-se como professor(a) de uma turma do 2º ano do Ensino Fundamental Anos Iniciais. você trabalhará com os alunos a diferença entre Grafemas e Fonemas. Para isso, utilizará como recurso um jogo elaborado por você. Vamos lá!

 

1ª. ETAPA: Crie um jogo manualmente (utilize cartolinas, sulfite, papelão, etc.), que explore a diferença existente nas palavras entre o número de grafemas e fonemas. Use como base um jogo de quiz (perguntas e respostas), onde deve haver, no mínimo, 10 cartas com perguntas, as opções de resposta e a alternativa correta. Siga as regras do jogo: ganha quem responder corretamente a maior quantidade de cartas.

 

2ª. ETAPA: Após criar o jogo manualmente, você deve registrar no Formulário:

1ª. Dentro do Formulário, no local indicado, colocar as perguntas, alternativas, resposta correta e explicação da resposta no formulário;

2ª. Tirar duas fotos: uma confeccionando o jogo e outra do jogo pronto. Inserir as duas fotos dentro do formulário no espaço correspondente. As fotos não podem ser uma cópia da internet.

 

3ª. ETAPA: Faça um texto dissertativo explicando a importância do lúdico para o processo de letramento dentro do espaço escolar. O texto deve ter no mínimo 10 e máximo 20 linhas, não precisa título.

Use como fonte de pesquisa o seguinte artigo: https://educacaopublica.cecierj.edu.br/artigos/22/4/letramento-escolar-ultrapassando-os-muros-da-escola (disponível em PDF no Material da Disciplina).

 

ORIENTAÇÕES:

– Os itens solicitados deverão ser inseridos no arquivo Formulário MAPA padrão disponível no ambiente da disciplina, na pasta ARQUIVOS > MATERIAL DA DISCIPLINA.

– Assista ao vídeo explicativo da atividade, disponível na Sala do Café, estude pelo livro da disciplina e pelo artigo indicado.

– Mantenha a formatação do Formulário: letra Arial ou Times, tamanho 12, espaçamento 1,5 entre linhas e alinhamento das margens justificado.

– Ao anexar a atividade, certifique-se de que está enviando o arquivo correto, pois você terá uma única oportunidade de envio e não serão aceitos trabalhos por outro canal, apenas pelo campo específico de envio no ambiente da disciplina. Sendo assim, anexe o arquivo, confira se o arquivo está correto e só então clique em FINALIZAR.

– Na utilização de citações para fundamentar seu texto, siga as normas da ABNT para citações e referências, informe a referência completa do material pesquisado ao final do seu MAPA, mesmo que seja do livro da disciplina.

 

Home
Minha Conta
Carrinho
Downloads